Ação teve a intenção de humilhar ainda mais o prefeito cassado

O advogado Márcio Leme, da defesa do prefeito cassado Crespo, segundo informação da TV Tem, informou que considerou desnecessário o cumprimento desse mandado de busca e apreensão já que são documentos que poderiam ser solicitados e que Crespo os entregaria. Segundo a defesa, Crespo está tranquilo e sabe que não cometeu nenhuma irregularidade.

Todo o material apreendido na casa de Crespo foi levado para a Delegacia Seccional de Sorocaba onde o advogado do prefeito cassado acompanhou o processo de registro do que foi aprendido.

Crespo não quis conversar com a imprensa. Pedro Guerra, jornalista da Rádio Web 365, ligou para Crespo, tentou contato por whatsapp e esteve pessoalmente na casa do prefeito cassado, mas mesmo assim não conseguiu entrevista-locontato. Nenhum outro veículo de comunicação teve acesso ao prefeito.

Conversei com pessoas diretamente ligadas ao prefeito cassado e eles foram unânimes em me dizer que o cumprimento do mandado de busca e apreensão na manhã de hoje foi uma ação de espetáculo da polícia, uma ação que era esperada, uma ação que eles acharam que demorou para acontecer, uma ação que eles entendem que teve a única intenção de humilhar ainda mais o prefeito cassado. Perguntei se o Crespo ficou chateado e uma das pessoas me disse: “por mais que fosse esperado, que ele soubesse que uma hora ou outra aconteceria, não há como não ficar quando acontece. Mas ele encarou com naturalidade”.

FOTO: A equipe do delegado Marcelo Carriel, logo às 6h desta quinta-feira, bateu à porta da casa do prefeito cassado. Foto: Carlos Dias/Portal G1 que acompanhou a operação à convite da polícia

Comentários

Leia também