Alunos estão acordados

A nova tarifa do transporte público de Sorocaba começou a vigorar nesta terça-feira (22 de janeiro) e os estudantes decidiram protestar contra esse aumento no final da tarde de segunda-feira em frente ao Terminal Santo Antônio, provocando transtornos aos usuários dos ônibus, do terminal e das vias próximas.

Demorou uma semana para que protestassem, desde o anúncio do novo preço.

Na cidade de São Paulo, as ações dos jovens foram mais contundentes e levaram o governo a editar medida que permite a prisão de quem usa capuz ou máscara no ato do protesto em locais públicos.

O protesto de Sorocaba contou com vários movimentos estudantis de Sorocaba, reunindo centenas de jovens, e foi acompanhado de membros da Polícia Militar Guarda Civil Municipal que estava orientados a conter atos extremados dos jovens. O passe social sobe de R$ 4,20 para R$ 4,40. A tarifa para estudantes passou de R$ 2 para R$ 2,70 e o vale-transporte foi de R$ 5,25 para 5,90.

É saudável que os estudantes protestem. O pior seria, nessa idade, terem perdido o dom de se indignar, contestar, protestar ou debater.

Comentários

Leia também