Aplicativo desenvolvido em Sorocaba quer criar democracia direta

Sorocaba estará representada no evento Web Summit de Tecnologia e Informática previsto para acontecer em novembro próximo em Lisboa, Portugal, por intermédio da empresa startup Proativa Solutions que desenvolveu um aplicativo (Quinto) para smarthphone com a pretensão de criar uma nova rede social “para incentivar o debate e devolver à sociedade a força de sua opinião, com a proposta de transformar o modelo de democracia política pelo uso da tecnologia”, segundo material divulgado pelos empreendedores.

Conhecido por atrair os maiores investidores da área do mundo, o evento deste ano projeta reunir mais de 70 mil pessoas, entre especialistas, líderes corporativos e empresários como executivos da Google, IBM, Nestlé e Samsung. No meio desse universo, o fundador e CEO (executivo chefe) da startup sorocabana, André Bastos, e o Diretor de Operações, Bruno Alves, terão oportunidade de encontros com especialistas, apresentar o aplicativo ao público e participar de um concurso de startups, que premiará a melhor proposta de inovação em tecnologia do ano.

Democracia direta

“O Quinto nasceu de uma insatisfação que eu estava sentindo com todas as coisas acontecendo à nossa volta, como problemas de violência, intolerância, alienação, corrupção e falta de informações confiáveis. Senti a necessidade de mudar as coisas e essa vontade ficou maior quando eu percebi que essa insatisfação não era só minha, mas de todas as pessoas. E elas também estão querendo se tornar protagonistas de alguma mudança”, diz o fundador e CEO da startup criadora do Quinto, André Bastos.

Segundo o publicitário, “pela informação, voto e debates será possível construir opiniões coletivas para mudanças sociais e a medida que a quantidade de usuários for crescendo essas respostas terão que ser ouvidas e respeitadas por quem está em alguma posição de poder, seja público ou privado, transformando o app em ferramenta de democracia direta”.

Aprimoramento da democracia

De acordo com o sócio e Diretor de Operações, Bruno Alves, o processo eleitoral como está, com uma eleição de quatro em quatro anos, onde se dá uma procuração em branco para alguém minimamente conhecido e que não exerce o seu papel da forma que gostaríamos é um processo que precisa ser aprimorado. “E essa é uma das nossas vocações: dar a oportunidade para as pessoas aperfeiçoarem esse processo com suas opiniões”, afirma.

Como funciona

De maneira prática, após baixar na loja de aplicativos e fazer um cadastro, o usuário encontra uma série de perguntas, divididas em 11 categorias como “mundo, política e economia”, “saúde e bem-estar”, “educação e tecnologia”, “atualidades”, “comportamento e cidadania”, entre outras. Junto com a questão, há um curto texto informativo que dá uma base de conhecimento para responder. A pessoa pode optar por concordar votando sim ou discordar votando não em cada pergunta. Depois do voto, ela tem acesso ao resultado da votação e ao campo para debater opiniões. “O Quinto é uma rede diferente das outras. Não há espaço para propagação de notícias falsas (fake news). Os textos, que dão base para as votações, são produzidos por jornalistas internos e têm como objetivo a simplicidade para dar o mínimo de informação para que a pessoa compreenda o assunto e consiga opinar”, explica a Diretora de Conteúdo do aplicativo, jornalista Bianca Celoto.

O que tem de diferente

Segundo os empreendedores, além da garantia de neutralidade e credibilidade do conteúdo, o Quinto também é diferente das outras redes sociais porque o usuário não sofre a interferência de anúncios enquanto usa o aplicativo. “O Quinto ainda garante a proteção e não comercialização dos dados individuais dos usuários”, completa Bruno Alves. Essas medidas têm como objetivo manter a rede “limpa”, organizando e deixando os debates com o mínimo de intervenção.

O aplicativo é gratuito, inédito no Brasil e no mundo e está disponível para baixar nos sistemas Android e iOS desde junho deste ano. Entre os próximos passos de evolução do app, a startup está desenvolvendo recursos voltados para áreas de gamificação, inteligência artificial e blockchain.

Quem são os empreendedores

O Quinto é um produto da startup Proativa Solutions, sediada em Sorocaba (SP). Ele foi idealizado pelo publicitário André Bastos em maio de 2017 e iniciou seu processo de construção em setembro do mesmo ano. Desde então vem passando por atualizações para a melhor navegação do usuário. O aplicativo está disponível nas lojas virtuais desde junho de 2018.

Em seu processo de estruturação entraram para a sociedade Bruno Alves como Diretor de Operações e Bianca Celoto na posição de Diretora de Conteúdo. Atualmente, além dos sócios, o Quinto conta com 7 colaboradores nas áreas administrativa, marketing, programação e jornalismo.

O nome da plataforma tem relação com o quinto poder. Depois dos quatro poderes constituídos, sendo os três oficiais, Executivo, Legislativo e Judiciário; e o quarto não oficial, a Mídia; temos o quinto poder, a voz da população sendo permanentemente ouvida em tempo real.

FOTO: Bruno Alves, André Bastos e Bianca Celoto, os empreendedores do aplicativo Quinto, produto da startup Proativa Solutions

Comentários

Leia também