Atenção com o que você diz em rede social: Justiça acaba de condenar mães que ofenderam diretora de escola de Votorantim por causa de algodão doce

MaeProcessoTudo bem que ainda cabe recurso, mas o fato é que três mães de alunos foram condenadas a indenizar em R$ 1 mil, cada uma delas, a diretora de uma escola pública de Votorantim por ofendê-la e difamá-la pessoalmente e também nas redes sociais conforme decisão da juíza Graziela Gomes dos Santos Biazzim, da 2ª vara cível da cidade. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União de segunda-feira (24/07).

O caso

O desentendimento entre as mães e a diretora começou por causa da distribuição de algodão doce feita em uma festa do Dia das Crianças em outubro de 2015. Após o fim do evento, segundo o processo, a diretora foi abordada pelas mães, que exigiam mais algodão doce para os filhos. A diretora alegando que as atrações já haviam se encerrado no horário combinado com a empresa responsável e a distribuição do doce seria retomada somente no período da tarde.

Ação das mães

Insatisfeitas, as mães dos alunos então ofenderam verbalmente, com grosserias e palavrões, e passaram a difamá-la também nas redes sociais além de terem ido à Delegacia Regional de Ensino para pedir a retirada da diretora da escola. E foram além, segundo o processo, as mães apareciam todos os dias no portão da escola tentando colher assinaturas de pais de alunos para um abaixo-assinado.

A defesa da diretora

A diretora chegou a mandar uma notificação extrajudicial para que as mães dos alunos parassem com as atitudes, mas não adiantou, ingressando com a ação de indenização por danos morais.

O advogado Claudio Dias Batista (defensor da diretora na ação), as mães negaram as agressões verbais na audiência, mas uma delas admitiu ter postado sua indignação nas redes sociais. Entretanto, testemunhas confirmaram a atitude agressiva das mães na escola e fora dela.