Boa notícia: Na contramão nacional, construção civil tem alta em Sorocaba

CentroMetropolitano

MGT  Bolina Engenharia tem entre seus lançamentos o Centro Empresarial Metropolitano

O desemprego atinge em todo o país uma cifra de 14 milhões de pessoas e apenas no último ano estima-se que em Sorocaba são mais de 15 mil trabalhadores que perderam seus postos de serviço. Apesar desses números, na contramão do que acontece no setor no cenário nacional, a construção civil registra um saldo positivo de 284 novas vagas criadas até abril deste ano, segundo os dados mais recentes do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados).

Uma das empresas que segue atuante no setor é a MGT Bolina Engenharia, que tem em seu catálogo de Lançamentos o Centro Empresarial Metropolitano; em Obras o residencial Vittorio Emanuele Charme; e Liberados para a Construção o Park Industrial Votorantim.

O diretor de marketing da construtora Planeta, José Mauro Couto, é outro animado com o setor: “Estamos com oito novos empreendimentos em andamento atualmente, cumprindo o prazo de entrega fielmente. O fato de ter muitas obras ainda em andamento, auxiliou na recontratação de muitos”.

Serviço lidera empregos locais

O levantamento do Caged mostra ainda que o setor com a maior alta no número de empregos até abril foi o de serviços, com 1.554 novos postos de trabalho. Logo depois aparecem a construção civil, com 284 novos empregos e a administração pública, com 227 novas vagas de trabalho.

Do outro lado da curva, o setor que mais fechou vagas de trabalho foi a Indústria (saldo negativo de 667 empregos formais).