Boa notícia: Sorocaba não tem mais córrego sem saneamento

Pirajibu

Prefeito Crespo e Ronald Pereira da Silva, secretário de Recursos Hídricos e diretor do Saae, observam ação de trabalhador e equipamento no Pirajibu

Não há mais nenhum córrego afluente do rio Sorocaba no município que não esteja saneado. As obras de implantação do coletor-tronco de esgoto do Pirajibu foram entregues ontem (18/05) pela Prefeitura de Sorocaba e Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), no Parque Vitória Régia, na zona norte. No total, o coletor-tronco tem 11.053 metros de tubulações de concreto armado instaladas, com diâmetros variando de 500 a 800 milímetros, com início na avenida Conde Zeppelin, percorrendo toda a margem esquerda do seu curso, nas regiões do Éden e do Cajuru, até a sua foz no rio Sorocaba.

O coletor-tronco do córrego Pirajibu permite que todo o esgoto gerado das regiões do Éden e Cajuru, que até então era despejado em seu leito, seja agora coletado, bombeado por Estações Elevatórias e levado até a Estação de Tratamento de Esgoto S-2 (ETE S-2), que está em operação desde 2010.

Inicialmente, o coletor beneficiará uma população de 27.500 pessoas, com projeção para 60 mil habitantes até 2050. As obras tiveram um custo total de R$ 19,5 milhões, incluindo recursos próprios da autarquia e financiamento do Programa Saneamento Para Todos, do Governo Federal.