Boato de que médicos vão fazer greve em Sorocaba, não passa de boato. Por enquanto

Uma ouvinte telefonou no começo da noite desta quarta-feira à rádio Ipanema para saber da greve dos médicos. Ela foi atendida pelo gerente do Sistema Ipanema de Comunicação, Wilson Rossi, que me encaminhou a dúvida dela e, na hora, entrei em contato com o médico Eduardo Luís Vieira, presidente do Sindicato dos Médicos de Sorocaba. Ele me disse que “não é o caminho agora para uma greve”. Ele também se surpreendeu com o medo da ouvinte e disse que nesta quinta-feira vai a uma reunião do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, a convite do presidente da entidade, mas desconhece que o tema greve esteja na pauta deste encontro. Na noite desta quarta-feira ele também esteve na reunião do Conselho Municipal de Saúde e o assunto também não foi tema da pauta. Eduardo Vieira esclareceu que existem dois pontos em que o sindicato debate com o secretário da Saúde, Francisco Fernandes, um é a melhora nas condições de trabalho dos médicos e o outro a terceirização de serviço e unidades de saúde em que sindicato e médicos são contrários. “Há conversas e divergências nestes pontos, mas se aparecer um fato novo vamos analisar junto da categoria e, por enquanto, não entendo que agora a greve seja um caminho”, me disse Eduardo Vieira.

Comentários

Leia também