Bons ventos sopram à economia local. Mas ainda são insuficientes

A equipe do prefeito Crespo, cheia de mistério, anuncia que mais uma empresa fará investimentos de R$ 30 milhões na cidade que vão gerar 120 novos empregos em Sorocaba. De acordo com a diretora da empresa, que por questões de confidencialidade não puderam ter os nomes divulgados, e já possui uma planta em cidade da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), a expectativa é de que a nova unidade comece a operar no início de 2020. As obras de construção da empresa já estão em ritmo acelerado, em uma área total de 19.618 metros quadrados, sendo que inicialmente a área construída será de 5.528 metros quadrados, no bairro Iporanga.

A diretora da empresa destacou os fatores que levaram a trazer o investimento para Sorocaba. Entre eles está a infraestrutura, qualidade de vida, além de localização estratégica do município, que está próximo ao eixo São Paulo/Campinas e cujas principais rodovias curtam a cidade. Além disso, seus dirigentes também já residem em Sorocaba. “É uma cidade que se preparou para atender as empresas dos mais variados segmentos. Ou seja, há ainda que se destacar a qualidade da mão de obra, dos serviços que a cidade oferece e do atendimento muito positivo que a Prefeitura presta às indústrias”, disse a executiva.

Empregos no comércio e serviços

O mês de agosto registrou saldo positivo de 946 vagas de emprego, variação de 0,51, em comparação com julho, segundo o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho, e os setores responsáveis pela alta foram o comércio e serviços, anuncia a assessoria de comunicação da Acso (Associação Comercial de Sorocaba). Segundo a entidade, o comércio fechou o segundo mês do último trimestre com 1.767 admissões, contra 1.514. O setor de serviços registrou 3.211 novas contratações, variação de 0,39 em relação com o mês de julho.

“O que vivemos nos últimos anos foi uma recessão que atingiu o setor produtivo e afetou o nível de emprego. Hoje, é importante salientar a tendência de crescimento, que veio para ficar. Se a economia realmente conquistar um aumento sustentável, o saldo de contratações vai continuar se recuperando”, avalia o presidente da Associação Comercial de Sorocaba, Sérgio Reze.

Empregos na indústria

Os dados da pesquisa de emprego divulgada pelo Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) também são de celebração. A assessoria de comunicação da entidade anuncia que as indústrias da área de abrangência da Diretoria Regional de Sorocaba, composta por 48 municípios, abriram cerca de 600 novos postos de trabalho no mês de agosto, com uma variação de 0,59%. O resultado é inferior ao mesmo período em 2017, quando a variação foi de 0,74%. Já no acumulado do ano, a variação é de 1,29%, representando o aumento de aproximadamente 1.250 postos de trabalho. O saldo também é positivo quando considerados os últimos 12 meses, período em que foram gerados 450 postos de trabalho, equivalente a uma variação de 0,46%.

Para o diretor titular do Ciesp Sorocaba, Erly Domingues de Syllos, o resultado positivo indica a recuperação de alguns setores que são fortes na região: “A indústria automotiva e o setor de autopeças são muito representativos na região de Sorocaba, e estão retomando a produção com carga total, apesar do cenário delicado que a economia brasileira está passando. Os dados indicam que a nossa região está em uma posição diferente de outras regiões do estado, mas isso não basta, temos que estar sempre buscando novas tendências e oportunidades para sabermos quais caminhos devemos trilhar. Por isso, o Ciesp trabalha em parceria com o poder público, as universidades e outras entidades, visando sempre fomentar a economia”.

FOTO: Sérgio Reze da Associação Comercial de Sorocaba e Erly Domingues de Syllos do Ciesp de Sorocaba

Comentários

Leia também