Candidato a prefeito do PRB faz críticas à atual administração e aos adversários e explica como o benefício da saúde do servidor público municipal será estendido a toda a população para atendimento em consultório particular

hgeleicoesHélio Godoy (PRB) encerrou a segunda rodada de entrevistas do Jornal da Ipanema (FM 91.1Mhz), dentro da coluna O Deda Questão, com os concorrentes ao cargo de prefeito de Sorocaba, na manhã de hoje (28/09). Daqui 4 dias, domingo que vem (02/10), os eleitores vão às urnas em todo o Brasil para escolher o prefeito e os integrantes da Câmara de Vereadores.

 

A série começou com Raul Marcelo (PSOL) na quinta-feira. Na sexta-feira foi a vez de Glauber Piva (PT). Na segunda-feira (26/09) foi a vez de José Crespo (DEM), na terça-feira João Leandro (PSDB) e hoje Hélio Godoy. Todos os candidatos, logo após as entrevistas na rádio, que aconteceram entre 8h e 9h, desceram ao estúdio da ITV (Canal 24 da NET), que fica no prédio da própria rádio, e concederam nova entrevista ao vivo, das 9h30 às 10h, para Kiko Pagliato e este blogueiro. A entrevista pôde ser vista por quem sintonizou a ITV.

 

Saúde: Benefício de servidor público estendido à população

 

O tema saúde, segundo a mais recente pesquisa Ibope/TV Tem apontou que o problema número 1 de Sorocaba, portanto o maior desafio do próximo prefeito, será a saúde pública. E assim como predominou a entrevista com os candidatos anteriormente entrevistados, hoje não foi diferente com Hélio Godoy.

Ele falou que vai fazer voltar o funcionamento misto nas UPHs das zonas Oeste e Norte (hoje uma é exclusiva de pediatria e a outra de atendimento adulto), que vai fazer voltar o horário estendido até às 19h nas Unidades Básicas de Saúde e exigir resolutividade nestes atendimento, ou seja, o cidadão não pode voltar duas ou três vezes às UBSs para receber o atendimento. O médico e a UBS precisam estar preparados para atender quem precisa na hora que o cidadãoprecisa.

Para acabar com as filas, Godoy também disse que um benefício que o servidor público municipal de Sorocaba possui atualmente (que é um convênio direto entre o médico e o sindicato para o atendimento do servidor como se fosse consulta particular) e beneficia mais de 50 mil pessoas, ou seja o servidor e sua família, será estendido para toda a cidade. A idéia é fazer uma licitação de chamamento e cadastrar o médico que deseja atender em seu consultório o cidadão e para isso ele vai receber o valor pago da Tabela SUS mais um adicional de 30%.

Para ajudar no orçamento municipal da saúde, o candidato disse que vai fazer um convênio com o governo federal para que todos que busquem atendimento SUS em Sorocaba tenham o cartão E-SUS, ou seja, com este cartão Sorocaba atende um cidadão de outra cidade e é reembolsado no valor deste atendimento pelo governo federal.

 

BRT para já e VLT em 4 anos

 

O candidato Godoy também falou sobre mobilidade e disse que de imediato vai implantar o BRT, aproveitando bastante do que já estiver pronto em termos de licitação, mas que vai querer um novo traçado. Ele disse que o BRT na lateral das vias mata o comércio e tem visto isso na avenida Itavuvu, principal corredor da zona Norte, onde a prefeitura criou faixa exclusiva para ônibus e matou o comércio de rua do local provocando o desemprego de mais de 500 pessoas.

Em 4 anos o candidato do PRB também disse que vai implantar o VLT (Veículo Leve sobre Trilho) em Sorocaba aproveitando os trilhos da ALL. Um acordo vai permitir o uso, segundo Godoy, e serão usados os mesmos trilhos que serão limpos, tirado os bichos, e estarão revitalizados para o uso.

 

Críticas aos outros candidatos e a Pannunzio

 

Perguntei aos 4 candidatos anteriores que já haviam participado da entrevista a mesma questão: Por que não votar nos outros candidatos? Raul Marcelo do PSOL fez alguma crítica a Crespo do DEM e sinalizou um certo carinho com os outros numa clara tentativa de tirar votos de Crespo e ele indo ao 2º turno conseguir dos outros 3. Godoy, porém, foi o único incisivo em fazer críticas pesadas a Crespo (sem equilíbrio), Glauber (que é do PT), Raul (que foi do PT e hoje é solitário) e João Leandro (que carrega o peso de um governo ruim e é o 4º goleiro que sobrou para fazer essa defesa).

Ácido contra o atual prefeito e atual administração, da qual foi secretário e apoiou na eleição de 2012, Godoy disse que só apoiou Pannunzio porque Vitor Lippi (quando prefeito) pediu para que ele fizesse isso e ele tinha e tem ótima relação com o hoje deputado Lippi e entendeu que seria o melhor.

 

Outros temas

 

Godoy também fez defesa do funcionalismo público, explicou seu projeto de sub-comandante da Guarda Civil Municipal, a criação das sub-prefeituras, a revitalização da atual rodoviária e o quanto será um prefeito presente nos encontros com vereadores e população.