Cirurgia do prefeito é de interesse público ou privado?

Troquei mensagens de whattsapp com o prefeito Crespo no começo da tarde de hoje a respeito da cirurgia pelo qual ele passou na manhã de sexta-feira e se tornou pública apenas no sábado.

Com o objetivo de ser preciso no que escreverei sobre este fato, me dirigi a ele o que raramente faço por entender que existem filtros estruturais entre um jornalista e o chefe de um poder que devem ser respeitados. Há exceções, e uma cirurgia, no meu entender, é uma delas.

Por cirurgia compreendo qualquer tipo de procedimento no qual o médico-cirurgião realiza uma intervenção manual ou instrumental no corpo do paciente para diagnosticar, tratar ou curar doenças ou traumatismo, ou para melhorar a funcionalidade ou aparência de parte do corpo.

Nem isso o prefeito me confirmou, mas foi confirmado ao jornal Cruzeiro do Sul pela Secretaria de Comunicação e Eventos da Prefeitura de Sorocaba.

Quis saber por qual cirurgia ele passou, se era mesmo na próstata, como se fala nos corredores palacianos da política local. Quis saber se foi feita em hospital de Sorocaba e se ele já teve alta. Enfim, questões que entendo serem de interesse público, ou seja, sendo ele eleito para o cargo de maior peso na estrutura de uma cidade o que lhe acontece interessa a todo cidadão e é direito desse tomar conhecimento.

Para minha surpresa, o prefeito entende que não. E, confesso, não é só ele que tem outro entendimento: “Há uma grande dificuldade em se definir interesse público, já que as diversas análises e conceituação variam em relação a metodologia. É difícil perceber uma tendência filosófica, legal ou científico-política, não alcançando um acordo a respeito do alcance da aplicação desse conceito”, define o dicionário.

Para o prefeito, o que lhe perguntei “são questões pessoais e privadas”. O que é de interesse público, segundo o prefeito, é que “mesmo em recuperação médica, estou despachando e tomando todas as decisões do cargo”.

Em resumo, para o prefeito é importante que a cidade saiba que ele está bem a ponto de tomar decisões – e minha troca de mensagens com ele demonstra isso – e quem o visitou, porque fez a cirurgia no hospital que fez, se já esteve alta e etc dizem respeito apenas a ele e seus familiares e amigos.

É um ponto de vista diferente do meu esse do prefeito e respeito. Mas sigo tendo outra compreensão, a de que a doença de um prefeito é de interesse de toda a sociedade em razão do fato de questões da pessoa Crespo ficarem em segundo plano diante do prefeito Crespo. Um agente público, eleito pelo voto, não deve ter sua individualidade acima da importância e representatividade do seu cargo entre outros motivos, pelo fato da verdade ser libertadora, ou seja, falar pelo que está passando inibe, pelo menos, qualquer invenção sobre os fatos.

Portanto, entendo que poderia ser evitado tudo o que falam sobre o prefeito no momento se ele tivesse anunciado se foi operado de emergência ou estava programada a cirurgia, por exemplo. De que não se trata de estratégia para adiar o final dos trabalhos da Comissão Processante que pode lhe tirar o mandato. Entre outras projeções nada republicanas feitas, principalmente, por covardes escondidos atrás de uma rede social.

FOTO: A última imagem pública do prefeito é esta que ilustra essa postagem, tirada no dia 6 de junho e publicada em sua página de Facebook no dia 7 de junho às 15:14 com a seguinte legenda: Participamos ontem de um encontro com prefeitos da Região Metropolitana de Sorocaba na Secretaria Estadual da Habitação, na capital. Como principal tema estava a solicitação de novos Núcleos para as cidades da RMS. Essa também é uma reivindicação da nossa Gestão para garantir o desenvolvimento habitacional e mais moradias aos sorocabanos! #GovernoCrespo

Comentários

Leia também