Continua a polêmica sobre minha posição contrária aos artistas se apresentarem no semáforo de Sorocaba. Qual a sua opinião?

A FAVOR DA APRESENTAÇÃO NO SEMÁFOROS – Deda, meu amigo! Quando você der de frente com algo que você não goste, vaie… você tem esse direito. Mas você não pode imaginar que bonito é dar de frente com algo que te emocione. Dê essa chance pra você e para os artistas que fazem seus trabalhos na rua. Grande abraço. João Bid, músico.

CONTRA A APRESENTAÇÃO NO SEMÁFOROS – Acredito que a arte é essencial para a alma, para a integração do ser humano à sociedade, para aproximar pessoas e criar a identidade de um povo. Posso até concordar que o lugar da arte é nas ruas, próximo ao povo, nas praças, anfiteatros, coretos, etc. Mas ser obrigada a ver o que alguns chamam de espetáculo, e que a mim mais parece uma imposição de pessoas pulando na frente do meu carro é ultrajante. Também não posso chamar aquelas pessoas de artistas, já que no final do espetáculo não esperam aplausos, mas pagamento por uma cena de mau gosto. Semáforo serve para regular o trânsito, um tempo em que o motorista precisar estar atento ao fluxo e a seu destino que, na maioria das vezes, é o trabalho. O Sr. João Bid que me desculpe, mas acho desrespeitoso com os verdadeiros artistas que essas trupes realizem esse show de horrores na frente dos carros e tenham o mesmo status que aqueles que se preparam, e até estudam, para serem atores, malabarista, mágicos, são profissionais que vivem disso, pagam impostos, são cidadão. Não sei dar nome às pessoas que jogam bolinhas ou tochas para cima em frente ao meu carro. Sandra Vergili, jornalista

Comentários

Leia também