Deputado sorocabano quer explicação do suposto acordo do governo paulista com o PCC

O deputado estadual Raul Marcelo (PSOL), com base eleitoral em Sorocaba, entrou com um requerimento na Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa para que os envolvidos no caso do PCC, noticiado essa semana, prestem esclarecimentos sobre o “acordo” entre crime organizado e governo para que os ataques de maio de 2006 parassem. O assunto foi levantado pelo jornal O Estado de S.Paulo. A Assembleia está em recesso e retoma os trabalhos na próxima semana e em função disso ainda não é certo que o requerimento entre na pauta da primeira reunião da Comissão que ocorrem as quartas-feiras. Mas que o assunto chega ao parlamento paulista, isso chega. Em Sorocaba, na terça-feira, o governador Alckmin disse que o jornal prestou uma desinformação aos seus leitores e que mesmo não sendo governador em 2006 ele entende que nenhum governante faria alguma tipo de negociação com o crime organizado.

Comentários

Leia também