Deputado sorocabano quer que entre em vigor o Plano Estadual de Educação elaborado em 2003

O deputado estadual Raul Marcelo promove uma Audiência Pública sobre o Plano Estadual de Educação apresentado como Projeto de Lei em julho passado e que elaborada pela sociedade paulista, em 2003, resultado do trabalho das entidades: Associação dos docentes da USP, Associação dos Docentes da UNESP, Associação dos Docentes da Unicamp, Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Ação Educativa, Centro de Estudos de Educação e Sociedade, Fórum Paulista de Educação Infantil, Fórum EJA São Paulo, Instituto Paulo Freire e Movimento de Alfabetização de Jovens e Adultos (MOVA–SP), entidades que contam com participação histórica no processo. O foco é debater as diferenças entre o projeto apresentado pelo governo Alckmin e a alternativa elaborada pela sociedade paulista. O projeto apresentado em julho por Raul Marcelo estabelece o aporte de 9,5% do PIB paulista na educação ao longo dos próximos 10 anos, bem como metas que tratam da erradicação do analfabetismo, da falta de gestão democrática, questões de gênero e orientação sexual, equiparação salarial dos docentes com servidores com mesmo nível de escolaridade, reversão da precarização das relações de trabalho, etc.

Comentários

Leia também