Duas semanas após ter assumido prefeitura, Jaqueline Coutinho começa a receber relatórios

O momento é de ansiedade – não apenas na prefeitura quanto também na Câmara de Vereadores – a respeito de como será o governo de Jaqueline Coutinho.

A verdade é que passadas duas semanas desde que assumiu o comando da cidade, quando o mandato do prefeito Crespo foi cassado pelos vereadores na madrugada do dia 3 de agosto, a prefeita começou a receber hoje relatórios que pediu a alguns dos seus secretários. O objetivo é entender o que passa em cada pasta.

Embora o discurso seja de que os pedidos de análises das pastas foram generalizados, o que se sabe é que há uma preocupação com as pastas de maiores orçamentos: Educação e Saúde.

O objetivo, no primeiro momento, é compreender o que vinha sendo feito para corrigir rumos, especialmente no que se refere a gastos. Num segundo momento, o objetivo é ter certeza de que as contas de 2019 poderão ser batidas sem que se empurre para 2020, o último ano de governo, pois, por lei, no último ano as contas dos 4 anos precisam bater sem que fique dívida ou pendência para o sucessor.

Comentários

Leia também