E a pátria veste as chuteiras

Clique nos links abaixo e leia meus artigos publicados na revista Showroom.

Fevereiro/2016
Os dados eleitorais demonstram o crescimento do descaso do brasileiro com o que há de mais sagrado: o seu voto

É visível o desinteresse pela escolha de quem vai usar da caneta para definir o destino de cada um de nós e a crença de que todo político é igual (ideologias não são mais percebidas pela média do eleitorado) e, pior, bandido.

Janeiro/2016
William Shakespeare

No dia 23 de abril de 2016, exatamente neste dia, vão se completar os 400 anos da morte do maior contador de histórias que a humanidade já conheceu, William Shakespeare.

Dezembro/2015
Não se tinha ideia…

Quando se rompeu a barragem de Mariana, em Minas Gerais, não se tinha ideia do tamanho da tragédia ambiental que o passar dos dias nos mostra, cada vez mais, como sendo a mais severa da história latino-americana.

Novembro/2015
A sensação de que nada está sendo feito

E de repente já é natal de novo. O ano que chegou com a esperança dos votos dados à Dilma na eleição do ano passado termina sem nunca ter começado. A faca do pescoço da presidente impede que ela gorvene. A faca no pescoço do presidente da Câmara impede que ele abra o processo de impeachment. E nessa lenga-lenga o ano passa, acaba e não promete nada melhor em 2016.

Outubro/2015
Pequenos expedientes de esperteza

Pesquisas encomendadas por petistas e tucanos chegaram a mesma conclusão: o cidadão brasileiro médio acredita que a presidente Dilma mentiu durante toda a campanha eleitoral apenas para bater Aécio da disputa de 2014.

Setembro/2015
Vendo a situação do Brasil, penso no meu nonno e acho que ele diria algo assim: “eu falei”.

Vou explicar. Meu nonno nasceu em 1895, na Itália e, ainda criança, veio para o Brasil. Ele viu de longe a 1° Guerra Mundial, mas sentiu na pele a carestia de alimentos básicos, como farinha de trigo e açúcar, durante a 2° Guerra.

Agosto/2015
Quarenta anos pelo deserto

O líder é aquele que passa ao seu grupo a confiança de que sabe o que está fazendo, para levar todos ao local onde se responsabilizou por levar. Moisés, que conduziu seu povo por quarenta anos pelo deserto, certamente é o líder mais real, carismático e cumpridor de seu compromisso de que se tenha notícia na história da humanidade.

Julho/2015
O falso sentimento de que no Brasil não existe racismo

Quando um tema ganha as manchetes das mídias e contagia, como um vírus, as redes sociais, esse tema apenas sai debaixo de uma massa de outros temas que a sociedade faz de conta que não conhece e deixa sempre para depois o seu enfrentamento.

Junho/2015
Por trás de um crime, sempre um desejo

Se alguma coisa não mudou desde os gregos, da Idade Média, de Shakespeare, é o fato de que por trás de um crime está um desejo, não uma necessidade.

Maio/2015
Ser, ter ou parecer

Um amigo caminha para completar 50 anos de idade. Ele é o que classifico de empreendedor de sucesso absoluto.

Abril/2015
“Brasil, Pátria Educadora”

Abro algumas vezes por dia as páginas da internet dos principais portais do Brasil, um hábito de muitos outros brasileiros. Seguramente, na última década nada do que está ali me surpreendeu. Nem para o bem e nem para o mal. Sempre é algo esperado, previsível, corriqueiro.

Março/2015
Menos de 100 dias

A presidente Dilma está frira e nem foram necessários os emblemáticos 100 dias de governo para se ter essa certeza

Fevereiro/2015
“Virada no Jogo” é a tradução para o Brasil de “Game Chance”, filme de Jay Roach,

sobre os bastidores da campanha presidencial norte-americana de 2008 e a escolha da polêmica Sarah Palin como candidata a vice-presidente na chapa republicana.

Janeiro/2015
“Brasil, pátria educadora”

Queria muito acreditar nas palavras da presidente Dilma, quando da posse, ao anunciar o novo slogan do governo: “Brasil, pátria educadora”.