Escolas municipais terão projeto Jovem Cidadão

As atividades da Secretaria de Políticas sobre Drogas, Resgate Social do Morador de Rua e Direitos das Pessoas com Deficiência e Idosos (a pasta mais recente criada pelo prefeito Crespo) foram marcadas por uma cerimônia que reuniu autoridades da Polícia Civil, do Poder Judiciário, da Associação Comercial de Sorocaba, do Ministério do Trabalho, da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e dos poderes Executivo e Legislativo.

A pasta, chefiada pelo delegado de polícia José Humberto Urban Filho, terá como objetivo implantar políticas públicas de prevenção e combate às drogas em Sorocaba, integrando e coordenando ações de reinserção de usuários e dependentes de substâncias entorpecentes e seus familiares. E uma das novidades vem ao encontro das duas notas anteriores publicadas neste blog, onde a escola foi palco de atos tão bárbaros, que é a criação do projeto “Jovem Cidadão”, que tem como objetivo levar aos jovens das escolas municípios, de forma lúdica e moderna, as consequências do uso das drogas e o que elas podem causar em suas vidas e o quanto podem atrapalhar os seus sonhos.”

Coragem e vontade

O prefeito Crespo se regozijou com a nova pasta: “Esse é o coroamento da união de muitos esforços, hoje é um dia de celebração de mais essa conquista de nosso Governo, em poder oferecer à Sorocaba uma Secretaria que irá atender e cuidar de um assunto tão delicado que é o combate e prevenção ás drogas”.

O secretário Urban resumiu em uma palavra o que significa a criação da Sepod: “Coragem é palavra que serviu como base para a criação da Sepod; coragem para enfrentar tão delicado assunto que é atuar junto àqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade; coragem acompanhado de vanguardismo em ser uma das primeiras cidades brasileiras em instalar uma Secretaria exclusiva de políticas de combate às drogas”, ressaltou.

Problemas diários

Hugo Maranzano, juiz de direito e diretor da 10ª. Região Administrativa Judiciária, compartilhou com os presentes a situação corriqueira que enfrenta em seu trabalho: “No dia a dia do Fórum, vivemos a problemática da decisão de determinar medidas protetivas que em sua maioria estão relacionadas ao uso de entorpecentes, sendo esse o fator propulsor da violência doméstica. Podemos afirmar que 100% da violência de filhos contra mães está relacionada ao uso de entorpecentes, sendo assim, parabenizo o Governo pela criação dessa Secretaria e pela escolha do Dr. Urban como secretário da pasta”.
O vereador Eng. Martinez, presente na cerimônia, e também autor da lei que criou a Semana Municipal de Combate às Drogas e Álcool (Lei nº 11.538/2017), comemorou a criação de uma secretaria específica para combater a dependência química. “Recebemos diariamente pedidos de mães desesperadas com a situação de seus filhos dependentes e não temos a quem recorrer. Em nome dessas famílias e da cidade eu agradeço”, disse.

O presidente da Câmara Fernando Dini (além de Martinez, Anselmo Neto e Rafael Militão também estiveram na cerimônia) lembrou que “Sorocaba se torna expoente de grandes ações, com políticas públicas avançadas. São pouquíssimas secretarias antidrogas no país. Não estamos apenas focados nos dependentes, estamos focados nas famílias e no trabalho preventivo”.

O prefeito Crespo fez questão de ressaltar a participação da Câmara na criação da Secretaria de Políticas sobre Drogas, que nasceu de um pedido feito ao chefe do Executivo pelo vereador Engenheiro Martinez.

Comentários

Leia também