Fechamento de sedes faz parte de plano para ampliar presença de policial militar nas ruas

A publicação das postagens ( ) neste blog provocou a reação de algumas pessoas ligadas ao comando da polícia de Sorocaba e o que todos dizem é que me contaram apenas uma parte da história, a que interessa a um grupo dentro da corporação. Me contam que o coronel Tardelli, desde que assumiu o comando da Polícia Militar em Sorocaba, tem um plano de ampliação da presença do policial militar nas ruas. A sede de companhia, na visão do comando, acabou deixando o policial numa zona de conforto que, agora, passa a ser quebrada. Havia um vício do policial em sua rotina e esse vício será quebrado ao levar todos os soldados para dentro do quartel (que não tem a mesma estrutura que uma sede de companhia) e vai colocar nas ruas, em ronda ostensiva, pelo menos para mais cinqüenta soldados. Está claro, com tudo isso, que ocorrem mudanças e o que se deseja é que essas mudanças reflitam na segurança do cidadão.

Comentários

Leia também