Foto revela a solidão da mulher na política paulista; deputada fala sobre isso em entrevista

Está no em exibição na ITV (canal 24 da Net Sorocaba) o programa O Deda Questão, no ar às 22h, onde converso com a deputada estadual Maria Lúcia Amary. O assunto gira em torno da forte ligação dela com o governador Geraldo Alckmin (ela é a queridinha dele no parlamento), das demandas do Estado na região, da eleição municipal de 2016. Neste tópico ela fala com franqueza e firmeza que não teria problema algum de enfrentar num pleito seu ex-marido (Renato Amary), mas que o momento é do PSDB não desvestir nenhum poder, ou seja, senão for para a reeleição com Pannunzio que vá com um candidato sem mandato deixando ela na Assembléia paulista e Vitor Lippi na Câmara  federal. Outro ponto da entrevista é o papel da mulher na política. Ela critica a postura de Dilma e classifica a presidente de ter uma postura muito masculina em sua postura de comandante da nação. Depois da entrevista, me deparei com esta foto tirada não gabinete do prefeito Pannunzio na terça-feira passada quando ele esteve na cidade em evento de entrega de equipamentos para os bombeiros. Estão nela o governador, o prefeito, secretários de Estado, secretários do Município, assessores… Todos do sexo masculino. A exceção é a deputada. Única mulher num ambiente absolutamente masculino.

Comentários

Leia também