Indicação de sorocabana para ser candidata a vice agita ambiente política

Durante entrevista na programação da rádio Ipanema (FM 91.1Mhz), à jornalista Cida Muniz, a vice-prefeita de Sorocaba, Jaqueline Coutinho, enfatizou que foi apenas uma indicação de Campos Machado, presidente estadual do PTB, a possibilidade dela indicada pelo partido para ser candidata a vice-governadora na chapa do governador e candidato à reeleição, Márcio França.

A indicação foi suficiente para agitar o ambiente político. Pessoas de legendas diferentes, adversárias inclusive, não fugiram do óbvio, ou seja, que somente essa indicação demonstra o prestígio político de Sorocaba no cenário estadual e, por consequência, o da vice-prefeita de Sorocaba.

O prefeito Crespo, em entrevista na rádio Cruzeiro (FM 92.2Mhz) na manhã de hoje evitou comentar a indicação, preferindo dizer que faz parte do DEM que está coligado com o candidato Dória do PSDB, mas sem citar sua vice (com quem está rompido) enfatizou sua amizade com Campos Machado e Márcio França.

Campos Machado, quando indicou a vice-prefeita de Sorocaba, disse: “Jaqueline é uma mulher virtuosa, de caráter, leal e que orgulha – e muito – o nosso partido”.

Jaqueline Coutinho foi delegada da mulher por 20 anos, tendo se dedicado todo esse tempo à defesa da causa mulher em toda a sua essência.

As convenções do PTB e do PSB estão marcadas para o próximo sábado, dia 4, quando às candidaturas serão definidas. A efetivação do nome do candidato a vice, por lei, pode acontecer até o dia 15 de agosto.

Nesta quarta-feira, correligionários do PTB divulgaram a foto aqui publicada, de Jaqueline ao lado de Márcio França.

Comentários

Leia também