Jovem desempregado passa 27 horas em fila de curso de requalificação

Nem mesmo a previsão, confirmada, de que a antevéspera do feriado de 365 anos de Sorocaba (a madrugada de ontem para hoje) seria uma das mais geladas deste ano – a temperatura bateu na casa dos 11º com sensação térmica de uns 7º – afastou da fila pessoas que estão sofrendo com a falta de emprego e, pior, com a falta de esperança de que essa luta por um trabalho vai acabar.

Reportagem publicada hoje pelo site do jornal Cruzeiro do Sul informa que cerca de 600 pessoas buscaram algum dos 18 cursos gratuitos de requalificação profissional oferecidos pela Uniten (Universidade do Trabalhador e Empreendedor).

Mas um caso em particular chamou a atenção da repórter Larissa Pessoa: O do jovem Ian Piccinato Cardoso, de 19 anos, que busca trabalho desde 2016 e foi o primeiro a chegar na fila em busca de um curso: “Eu trabalhei como aprendiz administrativo e depois não consegui mais nada”. Ele chegou ao local às 6h30 de ontem, terça-feira, para ser atendido às 9h, ou seja, passou mais de 27 horas na espera. Para amenizar seu sofrimento, o carinho da família aqueceu o ânimo de Ian: “minha avó trouxe comida pra mim.”

A Uniten oferece 480 vagas entre elas cursos de assistente administrativo, cuidador de idosos, operador de máquinas, informática.

Empreenda Rápido

O que chamou pessoas para a fila da Uniten também foi o evento “Empreenda Rápido” programado para apenas hoje das 9h às 16h, onde ocorreram palestras e orientações aos microempresários e quem sonha em ter o seu negócio sobre direito do consumidor, abertura de negócios, relacionamento com clientes, redes sociais, impulsionamento de vendas e feitas por profissionais do Sebrae-SP, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Secretaria da Fazenda (Sefaz), Instituto Nacional do Serviço Social (INSS), Procon, Associação Comercial de Sorocaba (ACSO), Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT), Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS), Espaço Empreendedor (EE) e Banco do Povo Paulista (BPP).

A ação é desenvolvida pelo Sebrae-SP em parceria com o Governo Estadual e Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Renda.

Comentários

Leia também