Juiz reconhece direito de greve dos motoristas, mas apela para que voltem a trabalhar até o julgamento em agosto; decisão será tomada na quinta

GreveBus240717Encerrada a audiência de instrução do processo de dissídio coletivo dos motoristas de ônibus de Sorocaba, em greve há 20 dias, presidida pelo juiz relator Hamilton Luiz Scarabelim, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), da 15ª Região, no Fórum Trabalhista de Sorocaba, o juiz solicitou a suspensão da greve de ônibus até o julgamento do dissídio.

Houve também o reconhecimento, por parte do juiz, de que “a greve é um direito dos trabalhadores”, informou a assessoria de comunicação do Sindicato dos Motoristas de Ônibus.

Diante do reconhecimento do juiz e do apelo para o fim da greve até o julgamento, o Sindicato dos Rodoviários irá convocar uma assembleia com os trabalhadores na próxima quinta-feira, 27, às 10h e 18h. Até lá, porém, a greve continua.

Fica o desejo, diante de todo protesto nos dois terminais de ônibus na noite de hoje, que o sindicato adiante essa assembleia ao menos para amanhã, senão nesta terça-feira mesmo.