Leitor afirma que não basta votar certo, é preciso uma reforma política para o país voltar a ter legitimidade

Marcus Oliveira Pinto, diretor-executivo em CMM Comunicação Multimidia, puxa minha orelha para o meu repetido discurso sobre o fato dos políticos que ocupam cargo no Brasil serem fruto do voto e não de uma ação sobrenatural. Mas ele traz números que revelam que essa lógica não é inteiramente verdadeira: “Olá Deda. Sempre em suas colunas, nas variadas mídias em que você atua, vejo você e seus colegas de profissão dizendo que o brasileiro precisa saber votar melhor. Fui levantar e descobri que a Câmara dos Deputados foi renovada nas últimas eleições (2006, 2010 e 2014) em mais de 50% ou seja a cada eleição 50% dos parlamentares não volta a ser eleito. Isso demonstra claramente que precisamos não de eleitores que votem corretamente, mas de um reforma politica. Outro dado interessante: apenas 5 deputados dos 513 atuais parlamentares têm votos suficientes para se eleger sozinho, ou seja, todos os outros precisam de outros votos. A conclusão é que o eleitor renovamos 50% e os outros 50% é eleito porque o eleitor vota em outros candidatos. Então desculpe-me, mas temos de continuar votando como sempre corretamente, mas precisamos urgentemente sim de uma reforma politica. Abraços e parabéns a todos pelo seu trabalho”.

Quem vai para a rua com essa bandeira?