Militante do PSOL crítica Sorocaba e prefeito sobe o tom na resposta

Latino

Marcos Latino, membro do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e suplente de vereador do PSOL, onde concorreu na eleição passada, foi um dos ouvintes que se manifestou ao vivo durante a entrevista que o prefeito Crespo concedia à coluna O Deda Questão, no Jornal Ipanema (FM 91.1Mhz). Eu li a mensagem de Latino que disse: “Aí na rádio, o prefeito está falando que está fazendo tudo e está sendo enamorado, como se tudo estivesse bem. Mas na verdade, o que vemos são as escolas sem qualquer estrutura para os professores, onde faltam até folhas de sulfite; vemos falta de creche; vemos os hospitais sorocabanos com a falta do mínimo de estruturas para os profissionais trabalharem, sem falar da falta de médicos especialistas; o prefeito falou que não vai subir o valor da passagem de ônibus e que o salário dos motoristas é o maior do Brasil, mas ele se esqueceu de falar que os ônibus de Sorocaba não passam de uma lata de sardinha. Só queria saber que Sorocaba é essa que o prefeito está falando agora aí na rádio”.

O prefeito ouviu tudo e subiu o tom da resposta, dizendo que Latino deveria ter mais respeito por Sorocaba e pelos sorocabanos e que ele está desqualificando a cidade e não o prefeito. Tudo o que ele fala é um desrespeito com Sorocaba e não com o prefeito.