Na atual Câmara de Vereadores uma situação é evidente: Basta ser querido para se fazer o que se deseja. O que não está evidente (e tento descobrir) é o que faz Manga, que vai ficar presidente até 2018, ser tão querido. Seria sua oração forte?

Manga

Missionário Manga articula e seu mandato de presidente de um ano, por lei, será de dois anos

O vereador Fernando Dini queria ser o presidente da Câmara e o vereador Manga também. Depois de um lenga-lenga sem fim, antes mesmo de tomarem posse, os dois acordaram que Manga seria primeiro e Dini depois. Tomada posse e 95 dias depois Manga articulou e hoje por 18 votos a favor conseguiu mudar a regra e ficar dois anos como presidente. A sua fala, porém, precisa ter atenção: se o Dini quer ser presidente ele que articule. Ou seja, Manga diz que é querido por sabe articular. Fico pensando em vão, já que não chego a nenhuma conclusão, o que faz de Manga um querido dos colegas. Inclusive querido dos vereadores da oposição e dos partidários de Dini que lhe deram mais um ano à frente do Legislativo. Acho que Manga, o Missionário da Igreja Mundial, e seus colegas pastores que compõe a Mesa Diretora, vão gostar de eu dizer que seja O Poder de Suas Orações. É… talvez seja isso.