No PT, clima fica mais quente e único pré-candidato do partido sente-se trapaceado

O professor de história Osmar de Camargo, o único a se registrar como pré-candidato a prefeito de Sorocaba pelo PT no ano que vem, sentiu-se trapaceado e humilhado na manhã de hoje (18/09) quando leu no jornal Cruzeiro do Sul que havia desistido de ser candidato. Minha fonte dentro do PT afirma que isso não corresponde à verdade e que alguém dentro do PT, a fonte do jornalista, o enganou com a informação errada. Na noite de quinta-feira, o clima pesou em nova reunião do diretório do partido. Neste encontro ficou claro que a simpatia de Hamilton Pereira e Iara Bernardi pela candidatura de Glauber Piva esfriou e eles pediram para que Osmar retirasse sua candidatura. Osmar disse que poderia fazer isso a partir do momento em que outro candidato se anunciasse oficialmente e como isso não ocorreu ele segue no pleito. Osmar de Camargo sabe que terá no máximo 20% dos membros do diretório ao seu lado, mas entende que é legítima sua manifestação.

Dos principais representantes do PT sorocabano, a ex-deputada federal (que concorreu a prefeito na última eleição) Iara Bernardi já se decidiu por voltar às origens e vai buscar uma vaga na Câmara de Vereadores. O ex-deputado estadual Hamilton Pereira, assim como os vereadores Francisco França e Izídio de Brito (que é o presidente local do partido) rejeitam a possibilidade de concorrer a prefeito, pelo menos por enquanto.

Comentários

Leia também