Novo secretário da Saúde, quando serviu o Tiro de Guerra, teve como colega de turma aqui em Sorocaba o promotor Orlando Bastos Filho

sergiooliveira

Sérgio Alexandre de Oliveira, de 46 anos, é ginecologista e obstetra formado pela USP (Universidade de São Paulo), com pós-graduação em Auditoria nos Serviços de Saúde na área de Administração. Em Sorocaba, ele trabalha na Santa Casa, no Hospital Regional e no Ambulatório Municipal. Fora daqui, ele fFoi coordenador de equipes na Santa Casa de São Roque, no Hospital Municipal de Salto, no Hospital Regional de Itapetininga e também em Botucatu.

Na entrevista de hoje ele afirmou que “esse convite me veio ontem, de forma muito rápida. A Janayne vai me ajudar nesta empreitada. Nada foi fácil para mim até hoje, mas a perspectiva é boa. Quero fazer com que a saúde de Sorocaba melhore”.

Durante a coluna O Deda Questão no Jornal da Ipanema (FM 91,1Mhz) na manhã de hoje anunciei com exclusividade que Crespo iria anunciar o novo secretário hoje e que haviam quatro nomes, sendo que citei apenas o nome de Sérgio e disse que ele era o favorito. Neste momento, Paulo Roberto Júnior, um dos âncoras do Jornal da Ipanema, trouxe a informação de que Sérgio de Oliveira serviu o exército (o que é obrigatório a todo homem no Brasil quando completa 18 anos) junto dele e de Orlando Bastos Filho, o promotor público que atua na área que investiga o Poder Público e se manifestou que entendia que Janayne estava impedida de ser secretária (leia postagem ao lado).