O inacreditável “Momento Rosa – parte 2” entre prefeito e vice

No desfile cívico do aniversário de Sorocaba, no dia 15 de agosto de 2017, momentos antes da cassação do prefeito Crespo e da vice Jaqueline Coutinho passar a comandar a Prefeitura de Sorocaba, no auge da briga entre eles, um fato inusitado aconteceu: o prefeito desceu do palanque e entregou uma flor, Rosa, à vice.

Jaqueline Coutinho, na oportunidade, sobre a entrega da rosa, disse que viu como um ato de pacificação e ressaltou que Crespo marcou uma reunião com ela na prefeitura. Na mesma oportunidade, Crespo disse que foi “um gesto de carinho como deve prevalecer entre todos nós. Aquele incidente acabou há muito tempo, mas hoje é marcada a emoção de estarmos comemorando o aniversário da nossa terra. O dia de hoje deve se multiplicar pelos mais 364 dias do ano. Foi apenas um gesto espontâneo.”

Bom, a história todos sabem. As brigas prosseguiram depois disso e estavam assim até que, surpreendentemente Crespo e Jaqueline aparecem juntos, fazendo exercícios, como bons e velhos amigos na tarde de ontem, quarta-feira.

“Essa Jaqueline precisa ser estudada…”; “coisa do outro mundo…”, “só em política acontece isso…” Esse foi o tom das dezenas de pessoas que conversei sobre esse reencontro.

E a verdade, em situação como essa, não vem diretamente das personagens envolvidas, mas das pessoas que cercam essas personagens, no caso, em específico, o da vice-prefeita Jaqueline Coutinho. E, a seguir, fica claro o que aconteceu, do ponto de vista de uma pessoa da intimidade de Jaqueline, mas ainda assim bastante difícil de entender.

Deda Benette: Por favor me explique. Só quero ser justo quando me expressar.

Minha fonte: Só se você usar as informações, mas sem me citar, pois também estou puto com essa decisão dela.

Deda Benette: Combinado, o importante é entender.

Minha fonte: Vamos lá… O prefeito vinha insistindo muito nos últimos dias para que a Jaqueline conversasse com ele… Isso vinha desde a semana passada. Terça-feira, a Jaqueline atendeu ao pedido e esteve com ele rapidamente. Os dois conversaram… Tudo no mesmo estilo do retorno 2017. Aliás o prefeito vem tentando (agora) buscar diálogo a todo custo com aqueles que estavam distantes por opção dele próprio… Bom, retornando, nesta quarta-feira a Jaqueline estava na prefeitura, Dia do Desafio, e o Simei Lamarca (secretário de Esportes) convidou (insistiu) para que todos da prefeitura dessem uma volta no lago do Paço para que servisse de exemplo contra o sedentarismo. A Jaqueline desceu e lá estava o prefeito e o prefeito num “Momento Rosa – parte 2” buscou aproximação… E a Secretria de Comunicação fez questão de dar ênfase a isso.

Deda Benette: Você está me dizendo que eles trocaram esses afagos para incentivar o combate ao sedentarismo? E que agora estão de mal novamente?

Minha fonte: DE MAL NÃO (a caixa alta foi usada por minha fonte e significa que a pessoa que escreve está berrando). Kkkkkk. Mas estão em paz.

Deda Benette: E na prática isso quer dizer o que?

Minha fonte: Que ou o prefeito está sendo muito dissimulado ou caiu na real, viu a quantidade de erros que cometeu e tenta ao fim do governo tentar ser o que ele não foi até agora.

Deda Benette: E o que exatamente é esse “ser o que não foi até agora”?

Minha fonte: Amigável, acessível, resumindo político.

Deda Benette: Entendi. E como essa aproximação deles afeta a CPI e CPs?

Minha fonte: Não afeta. Os fatos são do passado, isso nada muda, mas o futuro temos capacidade de mudar a cada novo dia.

Comentários

Leia também