Oposição diz que fechamento da UPH Zona Leste é jogada política; aliados mantém luta

O munícipe Renato Proença, presidente da Associação de Moradores da Vila Colorau, usou a tribuna durante a sessão ordinária desta terça-feira de Vereadores para apresentar um abaixo-assinado contra o fechamento da UPH da Zona Leste, com 3.200 assinaturas. A iniciativa do manifesto começou em reunião da associação, realizada em 5 de junho último, quando os moradores externaram sua preocupação e indignação com o anunciado fechamento da unidade de saúde. No abaixo-assinado, os moradores afirmam que a UPH da Zona Leste não pode ser fechada para “não aumentar ainda mais a aflição daqueles que precisam de atendimento”.

PC do B: Fórmula antiga

Vários vereadores usaram a tribuna para comentar o abaixo-assinado dos moradores da Vila Colorau. O vereador Renan Santos disse que o Executivo está usando uma “fórmula antiga” de “instaurar um clima de caos, com o possível fechamento da UPH, para depois aparecer como salvador da pátria”. No seu entender, a Prefeitura deveria ter tomado providências antes.

Amigo do munícipe

O vereador Fernando Dini (MDB), que solicitou o uso da tribuna por parte do município, aprovada em plenário, parabenizou a associação por ter-se mobilizado contra o fechamento da UPH da Zona Leste. “Estamos demonstrando que a voz da comunidade soa muito mais alto do que a nossa. O prefeito já recebeu o abaixo-assinado, demonstrou que vai analisar a questão com carinho. Estamos no caminho certo para que a UPH não seja fechada”, afirmou.

Defesa de mais UPHs

O vereador Wanderley Diogo também parabenizou os moradores da região pelo abaixo-assinado: “Achei muito digno o trabalho de vocês, caminhando de sol a sol para colher essas assinaturas”. O vereador Vitão do Cachorrão (MDB) disse que não se pode fechar a UPH e, sim, abrir outras unidades de atendimento. Também elogiou o BOS pelo atendimento prestado na UPH da Zona Leste e também no Éden. Para o vereador, “não se pode fazer política com educação e saúde”.

Isso é jogada política

O vereador Péricles Régis lembrou que, quando foi anunciado o fechamento da UPH da Zona Leste, disse na tribuna: “Isso é jogada política. Estão instaurando o caos para vender facilidade”. O parlamentar disse, ainda, que a comunidade está de parabéns por fazer o abaixo-assinado, mas que é preciso ficar alerta para perceber as manobras que existem por trás de determinado tipo de política.

Impacto em outras regiões

Por sua vez, o vereador João Donizeti Silvestre (PSDB) disse que questionou a Prefeitura sobre o fechamento da Zona Leste, que terá impacto também em outras regiões da cidade. “É fundamental o funcionamento daquela UPH e temos que destacar o serviço prestado pelo Banco de Olhos de Sorocaba, que tem um compromisso com os interesses coletivos da nossa cidade. Lamentamos que tenha se deixado para última hora”, enfatizou.

Secretária aguarda parecer

A secretária da Saúde, Marina Elaine Pereira, aguarda um parecer jurídico para tomar a decisão de manter, nem que seja até se encontrar uma decisão definitiva, em funcionamento a UPH da Zona Leste. Por lei, o contrato entre Prefeitura e BOS que completará 60 meses (5 anos) no dia 14 de julho não pode ser renovado, tanto que os funcionários do BOS estão cumprindo aviso prévio desde o dia 15 de junho.

Comentários

Leia também