Outra vez, secretário estadual da Saúde enrola autoridades sorocabanas que cobram o Estado para fazer o que é sua responsabilidade. Presidente da Câmara diz que agora vai ser diferente

MangaO vereador Rodrigo Manga, presidente da Câmara Municipal de Sorocaba e idealizador da Frente Parlamentar Mista de autoridades dos legislativos municipais, federal e estadual que atuam em Sorocaba e região, foi o convidado de hoje da coluna O Deda Questão no Jornal Ipanema (FM 91,1Mhz). Ele confirmou que é pré-candidato a deputado estadual; afirmou que a Câmara não vai mais se mexer juridicamente no processo de cassação do prefeito Crespo, deixando o trâmite normal  do Tribunal de Justiça que vai julgar o mérito da ação; anunciou uma carreata a ser realizada no próximo sábado onde se pretende mostrar que o sorocabano é contra a descriminalização de qualquer tipo de droga (projeto no Senado busca permitir o consumo da maconha, por exemplo); falou do aumento dos salários dos próprios vereadores. Mas a saúde foi o que mobilizou a entrevista e os ouvintes que participaram de maneira maciça.

Manga voltou a externar a insatisfação com que os vereadores em geral sentiram em relação ao depoimento de Sílvia Moreira, diretora do CHS (Conjunto Hospitalar de Sorocaba), que afirmou que não existe problemas de atendimento no local e, com esse comportamento, externando desprezo pelas queixas levadas pelos vereadores que são dos pacientes do local: falta de remédio que leva a suspensão de cirurgias marcadas por 3 e até 4 vezes; falta de remédio a transplantados; falta de leitos e pacientes amontoados no corredor do hospital.

Na entrevista, Manga revelou que durante a audiência com o secretário de Saúde do Estado, David Uip, foi informado a ele que o secretário busca nomes para fazer trocar do comando da direção do Conjunto Hospitalar de Sorocaba, ou seja, estão em busca de um substituto a Sílvia Moreira.

Estado enrola Sorocaba

Manga durante a entrevista na rádio ter feito reunião com diversos deputados estaduais, federais e lideranças para buscar uma solução para os problemas recorrentes no Conjunto Hospitalar, entretanto, em todos os encontros para discutir esse o assunto não houve participação do governo do Estado.

Na sexta-feira passada, no encontro de Uip, o secretário informou que o problema é da União e que vai melhorar o que é do Estado.

Nesse momento, Eduardo Golob, funcionário público de carreira da Prefeitura de Sorocaba, que passou dez anos (entre as administrações dos prefeitos Vitor Lippi e Pannunzio) na Secretaria Municipal da Saúde, atuando na gestão do sistema de urgência, emergência e atenção básica, me mandou uma manifestação afirmando, taxativamente, que “o Dr David Uip ‘enrolou’ os representantes de Sorocaba, como sempre ocorreu”. Manga concordou com o que disse Golob.

Leia a íntegra do que disse o ouvinte:

Parabenizo a atitude do presidente da Câmara Municipal, Rodrigo Manga, em sair do comodismo das discussões do plenário do Legislativo e levar adiante a Frente Parlamentar para a reunião com o senhor secretário de Estado da Saúde, Dr David Uip.

Entretanto, em que pese o louvável esforço dessa iniciativa, o que vemos na prática é que, mais uma vez, infelizmente o Dr David Uip “enrolou” os representantes de Sorocaba, como sempre ocorreu.

O secretário apenas se limitou a transferir responsabilidades para o Ministério da Saúde, dizendo que irá mais uma vez “oficiar” a questão… E nada de mais concreto!

E, no que lhe cabe, como por exemplo colocar o dedo na ferida na questão da regulação dos pacientes que fazem hemodiálise, apenas se limitou a dizer, UMA VEZ MAIS, que irá marcar reunião com a CROSS para tentar dirimir a questão… Só lembrando: O agendamento desta reunião já está prometido desde o ano de 2015, e nunca ocorreu.

Cabe apenas aguardar que cumpra com a promessa da troca das cadeiras usadas pelos pacientes que fazem hemodiálise e a manutenção nos equipamentos. Mas infelizmente, nem nisso acredito face ao histórico da Secretaria de Estado de Saúde de total descaso com a Região de Sorocaba.

Desculpem o desabafo. Parabéns ao vereador Manga!

Abraço e bom dia a todos!

Eduardo Golob.

Presidente da Câmara concorda

Rodrigo Manga ouviu, agradeceu a posição de Golob, concordou com o que ele disse, mas afirmou que agora será diferente e a Comissão de Saúde da Câmara, presidida pelo vereador Renan Santos, e a Frente Parlamentar Mista de autoridades dos legislativos municipais, federal e estadual que atuam em Sorocaba e região, vão cobrar sistematicamente o secretário, governador e políticos ligados aos dois para que haja resolutividade.

Durante a sua gestão, o então prefeito Pannunzio chegou a ir à Justiça contra ações e descasos do secretário David Uip para com Sorocaba em que pese o partido deles dois ser o mesmo do governador Geraldo Alckmin. Mas nem assim o Estado passou a dar a atenção devida a Sorocaba.

A deputada estadual Maria Lúcia Amary, em sua última entrevista na coluna O Deda Questão, deixou claro que nem a sua proximidade com o governador tem sido capaz de reverter a forma com que as autoridades da saúde do governo tratam Sorocaba.