Ouvintes me perguntam se prefeito estava tenso ou surtou hoje. Não tive essa impressão

Marcus Vinícius Pereira, que é simpatizante ao PT, e Hudson Pessini, que é do PMDB, foi candidato a deputado federal e será candidato a vereador, após a entrevista de hoje do prefeito Pannunzio em O Deda Questão na rádio Ipanema (FM 91,1 Mhz) me perguntaram se o prefeito ficou irritado no programa de hoje. Marcus Vinícius disse que teve a impressão que o prefeito ficou tenso. Hudson se ele ficou nervoso.

Os dois ficaram com essa impressão pelo tom incisivo com que o prefeito respondeu a dois portais de voz, um dos próprio Hudson, e outro da ex-deputada do PT, Iara Bernardi. O prefeito rebateu aos dois no tom com que as perguntas chegaram. Iara falou sobre a falta de grama no barranco da obra do córrego do Itanguá que poderá sofrer erosão com uma chuva forte e do esgoto ainda jogado no córrego do Itanguá. O prefeito rebateu tecnicamente, explicou que haverá a grama para segurar a terra e alertou que o esgoto ainda jogado no córrego é clandestino e cutucou a petista  lamentando que ela não teve como deputada federal a mesma preocupação de fiscalizar o governo do presidente Lula e Dilma que estão envolvidos em corrupção. Com Hudson, o prefeito foi sarcástico e ironizou o desempenho dele como candidato a deputado federal em 2012 onde obteve cerca de 6 mil votos, apesar do apoio do cacique maior do partido, Renato Amary.

No estúdio, vendo o prefeito falar (o que é diferente de quem está apenas ouvinte, sem ver a expressão facial), a impressão que tive foi que o prefeito estava normal. Em outras entrevistas, quando o tom da pergunta subiu, o prefeito também respondeu à altura. O que é normal. Por isso achei que ele estava normal em suas respostas, ainda mais que os perguntadores (Iara e Hudson) não são simples cidadãos, mas cidadãos com ideologia e interesse na próxima eleição.

A seguir, leia a manifestação que Hudson me mandou:

“Deda boa tarde. Impressão minha ou o prefeito deu uma surtadinha hoje ao vivo? Rsss. Só perguntei se o avanço da cidade depende desse empréstimo e se a cidade não possui recursos próprios”.

Numa referência a uma parte da resposta do prefeito, Hudson disse: “Avisa ao prefeito que fui o 4º Candidato de Sorocaba mais votado para Deputado Federal e sem gastar um único Real, sem usar a máquina pública, sem usar cavaletes, nem pintar muros e sem os incômodos e poluidores carros de Som. Além disso nunca fui candidato a vereador como ele disse que “relutantemente venho tentando ser vereador.”

Hudson afirmou ainda que o prefeito “me deixou sem resposta, afinal a prefeitura sem empréstimo não tem recurso próprio para fazer obras?” Por fim, Hudson concluiu: “Esse pessoal tucano pega pilha fácil. Todo meu respeito a pessoa dele, mas ele se comportou de forma ridícula. Forte abraço”

Comentários

Leia também