Pacientes de Sorocaba com câncer terão de viajar a Jaú e Barretos para fazer tratamento

O secretário da Saúde da Prefeitura de Sorocaba, Francisco Antônio Fernandes, disse que em breve sua pasta terá de realizar uma grande redução nos atendimentos do pacientes de oncologia (câncer) e a consequência disso será que muitas pessoas terão a necessidade de se deslocarem a outras cidades para realizarem o tratamento como Jaú (no noroeste do Estado) e Barretos (norte do Estado). O secretário enfatizou que o município precisa urgentemente de recursos para tratamento de pacientes com câncer, pois Sorocaba conta com apenas um equipamento de radioterapia, instalado há 40 anos na Santa Casa, cujo seu estado de conservação é crítico. O secretário afirmou que existe a chance de ficarmos sem aparelho de radioterapia no município no ano que vem. O secretaário explicou que Sorocaba está contemplada em um programa de expansão da rede de oncologia do Estado, e deverá receber mais dois equipamentos, mas ainda não se sabe quando essa providência será tomada. “Precisamos de respostas do governo estadual, porque até lá o equipamento da Santa Casa pode estar comprometido”, afirmou.

As afirmações do secertário foram feitas para a comissão permanente de Saúde da Câmara de Sorocaba – composta pelos vereadores Izídio de Brito (PT), Pastor Apolo (PSB) e Fernando Dini (PMDB). A comissão pressiona os deputados estaduais Carlos Cezar (PSB) e Maria Lúcia Amary (PSDB), que são de Sorocaba e da base de Alckmin, para que o problema seja resolvido.

Comentários

Leia também