Para demonstrar sua disposição de estar aberto ao diálogo com os vereadores, e de ser flexível na condução do Executivo, prefeito reúne equipe em lanchonete do vereador Vitão do Cachorrão, seu adversário até a cassação

CrespoChapeiroO prefeito Crespo se arriscou na chapa da lanchonete do vereador Vitão do Cachorrão, no Jardim Zulmira, na noite de segunda-feira (23/10), e preparou pelo menos um dos lanches servidos à sua equipe de secretários que ele convocou para estar no local no chamado “happy hour”, ou seja, num encontro informal. E conseguiu, o clima descontraído marcou o evento.

Mas por qual motivo o prefeito fez isso?

A resposta mais evidente é a de que ele quer mostrar que seu discurso (de que mudou em relação ao comportamento que teve até ter o mandato cassado) é verdadeiro. Nas palavras dele próprio: “minha disposição é de estar aberto ao diálogo com os vereadores, de ser flexível na condução do Executivo e nem altera a minha vontade de fazer nossa cidade se desenvolver e recuperar o estágio em que já esteve como umas das maiores do nosso Estado e do país. Espero que todos nós, prefeito, vice-prefeita, vereadores e outros representantes de poderes e lideranças, possamos trabalhar juntos, em paz e pelo povo de Sorocaba, que é quem precisa e não quer ver a cidade parada”.

A convocação reuniu Fernando Dini (secretário de Segurança), Fábio Pilão (Conservação, Serviços Públicos e Obras), Marta Cassar (Educação), Ronald Pereira da Silva (Saae), Robson Coivo (Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda), Jessé Loures (Meio Ambiente, Parques e Jardins), Alexandre Hugo de Moraes (Secretaria de Igualdade e Assistência Social) entre outros nomes de sua equipe, inclusive do segundo escalão. As ausências notadas foram de quatro secretários: Ademir Watanabe (Saúde); Marinho Marte (Relações Institucionais); Werinton Kermes (Cultura) e Alexandre Robin (Gabinete Central) que tiveram razões pessoais para não ir.