Para uns, prefeito acerta com sua ação

O prefeito Rodrigo Manga fez como prefeito o que dizia como vereador que iria fazer: pedir, mostrar, argumentar, insistir com o governador Dória de que Sorocaba não pode ficar na Fase Vermelha do Plano São Paulo de combate à Pandemia de Coronavírus. Manga foi na segunda-feira, assim que Sorocaba entrou na Fase Vermelha, mostrar sua indignação. E como ele sabe que sozinho não teria força, reuniu outros prefeitos de cidades da Região Metropolitana e mostrou que haviam novos leitos de UTI para atender quem se infectar.

Manga saiu da reunião em São Paulo com a certeza de que na quarta-feira ou sexta, a região de Sorocaba retornaria para a fase Laranja, fato que aconteceu na sexta-feira, quando Manga primeiramente gravou um vídeo na frente da Prefeitura de Sorocaba para comemorar. Num trecho, ele disse: Me chamaram de mentiroso… mas deixa para lá, o importante é Sorocaba crescer e etc e tal. Manga, na mesma sexta-feira, no final da tarde, reuniu os prefeitos que foram com ele a São Paulo na Prefeitura de Sorocaba para celebrar a vitória: comércio aberto, academias abertas, shoppings abertos, bares abertos, restaurantes abertos, parques funcionando.

Num dos grupos de whatsapp do qual faço parte, um empresário, que aluga seus imóveis para lojistas e supermercadistas, celebrou a vitória de Manga: “Precisamos de gente jovem e interessados como o nosso prefeito”. Esse empresário é do grupos de vários outros empresários sorocabanos que se dizem fechados com o presidente Bolsonaro e combatem, com veemência, o governador Dória.

Manga escolheu o seu lado. Aliás, já havia escolhido bem antes da eleição. Ele defendeu como prefeito o que um grupo significativo de sorocabanos deseja: tudo aberto. Como está longe de ser bobo, no tal vídeo que Manga gravou, ele falou que é importante cada um se cuidar com máscaras e uso do álcool em gel.

Comentários

Leia também