Para Vitor Lippi, prioridade é sair da crise e a volta do emprego

VitorLippiConversei igualmente com o deputado federal Vitor Lippi (PSDB), morador de Sorocaba, onde foi prefeito por dois mandatos e obteve a esmagadora maioria dos seus votos (mais de 100 mil deles somente nas urnas sorocabanas).

Em seu apanhado geral deste momento, ele deixa claro que é hora de ouvir o cidadão que está bastante preocupado com o aprofundamento da crise e que, para ele e seu partido, existe apenas uma prioridade absoluta: tirar o Brasil da crise econômica e garantir mecanismos para a volta dos empregos.

Leia o que perguntei e o que ele respondeu:

Deda – Por favor, 4 dias após a  revelação do dono da JBS e de 2 pronunciamento do presidente dizendo que não vai renunciar:

1) qual avaliação o senhor faz deste momento?

2) qual sentimento do senhor em relação ao apoio que seu partido vinha dando ao governo?

3) as votações da reforma estão enterradas ou há clima para que elas prossigam?

Vitor Lippi – Vivemos uma grande instabilidade política e ainda não é possível saber se o presidente Temer se sustentará. A população está muito preocupada com a possibilidade do aprofundamento da crise econômica e do desemprego.

O PSDB entende que apoiar as reformas estruturais é a forma de sairmos da pior crise econômica . Temos responsabilidade com o Brasil.

A maioria dos deputados do PSDB entende que a prioridade é sair da crise econômica e a volta dos empregos. Esta é minha prioridade absoluta.  Reconhecemos, no entanto, que as denúncias são muito recentes e ainda não é possível avaliar o comportamento da base do governo. Está semana e a próxima serão fundamentais para a definição do futuro deste governo! Continuarei lutando para que independentemente de quem esteja no comando, continuemos a ajudar o Brasil da crise. Agora, certamente, até quarta-feira poderei atualizar a temperatura do momento pelo qual passa Brasília.