Perplexidade. Essa foi a reação de pessoas ligadas ao prefeito

O prefeito Crespo deverá ter uma reunião com seu advogado no final da tarde de hoje quando o documento com o pedido de cassação do seu mandato será tema de discussão. Mas uma pessoa ligada ao prefeito, quando perguntei como foi recebida essa notícia, me disse: a assessoria e eu recebemos com perplexidade, vez que os fatos vieram a público por iniciativa do próprio executivo (Secretaria de Saúde), o que revela exatamente ao contrário do quanto afirmado na denúncia.

Conversei com o secretário Eric Vieira (Gabinete Central) e ele disse que o momento agora (numa referência a cassação sacramentada no ano passado) é bastante favorável ao diálogo com os vereadores. Ao contrário do ano passado, quando o pedido foi feito por um assessor do vereador Renan dos Santos (PC do B), desta vez parte de alguém que ninguém ainda sabe quem é, mas que não há ligação com o Legislativo e isso é positivo, na avaliação de Eric. O secretário explicou que o prefeito e o presidente da Câmara, Rodrigo Manga, estão em constante diálogo e acredita que haverá um consenso para que a cidade mantenha a tranquilidade.

Sobre o tom de perplexidade, o secretário afirmou que entende como normal que pessoas mais distantes do dia a dia da prefeitura, mesmo próxima ao prefeito, reaja dessa maneira. Eric se mostrou mais do que confiante, tranquilo em relação ao que poderá vir a partir do protocolo do pedido de cassação.

Procurei também o secretário de Relações Institucionais, Flávio Chaves, mas ele não me atendeu, apesar de minha insistência.

Comentários

Leia também