Prefeito agenda para esta quinta-feira, às 14h, receber a oficial de justiça que vai lhe entregar a determinação do prazo de 48 horas para ele exonerar 84 nomeados em cargo tido como ilegais. Assim, até terça-feira, ninguém deixa o cargo

LiminarKarina

Foto da juíza Karina Jemengovac Perez, retirada do BSS (Blog Sérgio Santos) de Pilar do Sul. Ela acolheu pedido de liminar feito pelo promotor Orlando Bastos Filho

A oficial de justiça Marina esteve às 16h de hoje no 6º andar da Prefeitura de Sorocaba para vai entregar a decisão liminar concedida pela juíza Karina Jemengovac Perez da Vara da Fazenda, em ação civil movida pelo promotor Orlando Bastos Filho, do Ministério Público em Sorocaba, determinando o afastamento, dentro de 48 horas, de 84 ocupantes de cargos comissionados na Prefeitura de Sorocaba. Mas neste horário o prefeito Crespo estava fora, ele cumpriu agenda dentro da Prefeitura desde o início da manhã onde ficou até o meio-dia em reunião e depois, sozinho em sua sala, até às 14h quando deixou o Paço para agenda externa. A oficial de justiça chegou próximo das 16h e aos ser informada de que o prefeito não estava deixou agendado de voltar e se encontrar com o prefeito às 14h desta quinta-feira. Somente a partir do recebimento do ofício é que começa a ser cumprido o prazo de 48 horas para o cumprimento da liminar da juíza, informa nota emitida pela Secretaria da Comunicação e Eventos (Secom) na tarde de terça-feira quando saiu o acolhimento do pedido de liminar.

Os cargos foram criados no projeto de reforma administrativa de janeiro passado e na visão do promotor Orlando Bastos Filho, ela é somente a recriação das mesmas funções,  antes já julgadas irregulares pelo Tribunal de Justiça do Estado, tendo agora apenas nomenclaturas diferentes.

Não consegui confirmar a informação, mas é grande a possibilidade do prefeito ter tido agenda externa na tarde de hoje para definir a estratégia da defesa nessa Ação Civil Pública no sentido, primeiro, de derrubar a liminar de maneira a manter os nomeados no cargos enquanto correr o processo até o julgamento que, ai sim, definirá se a tese do promotor será também a da justiça.