Prefeito: “Não é adequado dizer que há perseguição do promotor contra mim, mas é fato que ele tem usado seguidamente ações que prejudicam a administração pública. Mas entendo, ele está atravessando fase difícil em sua vida pessoal”

CrespoPan

Prefeito está confiante de que em 2ª instância reverte decisão de 1ª

O prefeito Crespo concedeu entrevista ao vivo hoje ao jornalista Oliveira Júnior na Rádio Cacique (AM 1.160 KHz) e quando eles falavam sobre a Ação Civil Pública movida contra ele pelo promotor Orlando Bastos Filho, do Ministério Público em Sorocaba, e da liminar dada pela juíza Karina Jamengovac Perez, da Vara da Fazenda de Sorocaba, dando prazo de 48 horas para a demissão dos 24 nomeados por Crespo para ocuparem cargos de Assessor Especial e outros 60 para Assessor Nível III, Oliveira perguntou ao prefeito se ele sentia-se perseguido pelo promotor Orlando Bastos. E a resposta de Crespo foi: “Não é adequado dizer que há perseguição do promotor contra mim, mas é fato que ele tem usado seguidamente ações que prejudicam a administração pública. Mas entendo, ele está atravessando fase difícil em sua vida pessoal”.

No passado, quando vereador, Crespo num de seus embates com o promotor chegou a dizer que o problema pessoal do promotor era com o uso abusivo de álcool e drogas.

Mas, no geral, o prefeito foi bem em sua resposta. Demonstrou serenidade e disse entender que seja normal os diferentes envolvidos com a interpretação de leis terem opiniões diferentes sobre o que ela de fato afirma. Por isso, uma decisão em primeira instância, como a liminar concedida pela juíza pode ser entendida de outra maneira e ter outra decisão em uma instância superior.

O prefeito deixou claro que é evidente que ele vai recorrer da decisão da juíza e que a prefeitura ficará inadministrável sem os comissionados nomeados por ele.

O promotor deixa claro em sua ação que os nomeados não trabalham e estão lá só para receber. Isso gerou indignação entre muitos nomeados e essa indignação poderá ser externada de alguma forma, um caminho seria cada ofendido processar o promotor.CrespoPan