Prefeito viaja a Brasília para tratar de convênio para o uso da linha de trem para o VLT; liberação de empréstimo da CAF e criação da UFSor a partir da UFScar

O prefeito Crespo embarcou na tarde de hoje (09/05) para Brasília para chegar a tempo a três audiências nesta quarta-feira.

O prefeito terá um encontro com o ministro da Educação, Mendonça Filho, onde vai tratar do ofício entregue há duas semanas sobre a criação da UFSor (Universidade Federal de Sorocaba) a partir do campus local da UFScar (Universidade Federal de São Carlos). O movimento ganhou força a partir de manifestações do IDS (Instituto Defenda Sorocaba) e da reativação de comissão de vereadores dentro da Câmara Municipal.

Em outra agenda, Crespo terá encontro com lideranças do DEM para agilizar a “novela” da liberação de empréstimo de U$ 70 milhões de dólares que a prefeitura de Sorocaba celebrou com o CAF (Fundo Andino de Fomento) ainda na gestão Pannunzio. Há mais de um ano é tentada a liberação deste empréstimo.

Encerrando a presença em Brasília, o prefeito busca celebrar um convênio entre Prefeitura de Sorocaba, a ALL Rumo que detém o uso da linha de trem que corta a cidade, o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura em Transportes), a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) para o compartilhamento do uso da linha afim de criar o VLT (Veículo Leve de Transportes) em Sorocaba. Se o convênio for firmado, o prefeito vai contratar projeto executivo para a criação do VLT e enterrar de vez o projeto de BRT (Transporte de Ônibus Rápido). O projeto do VLT é tocado pelo secretário de Planejamento, Luiz Fioravante.