Prefeitura agenda reunião com médicos e funcionários da Santa Casa para pôr fim à onda de fofoca

O clima entre médicos e funcionários da Santa Casa sobre o futuro do hospital pesou tanto, criando uma onda de fofoca, que o prefeito Pannunzio resolveu chamar uma reunião com todos para explicar o que está acontecendo. O secretário de Governo, João Leandro da Costa Filho, foi o escolhido para ser o seu interlocutor nesta reunião (ele terá o apoio do secretário da saúde, Francisco Fernandes e do administrador da Santa Casa, Pimentel) agendada para esta quarta-feira (09/09). O recado será claro: nada mudou, ou seja, a requisição feita pela Prefeitura que vence em 31 de janeiro de 2016 segue em pé e se houver outro grupo na provedoria da irmandade da Santa Casa a requisição será cancelada e a Prefeitura assina um novo convênio com os gestores (provedores) que assumirem a irmandade. A verdade é que a prefeitura investiu tanto na Santa Casa desde que assumiu sua gestão, transformando a unidade numa referência da saúde pública, incluindo o aumento dos leitos SUS e de UTIs, que não terá sentido algum deixar que essa conquista não seja garantida por quem vier a assumir o hospital. A onda de fofoca diz que com a falta de dinheiro a prefeitura já havia tomado a decisão de devolver o hospital a quem quer que fosse.

Comentários

Leia também