Presidente Comissão de Economia, Finanças, Orçamento e Parcerias da Câmara de Sorocaba, responsável pelas audiências públicas do PPA, afirma que é preciso acabar com o “estelionato eleitoral em nossa cidade”

HudsonNa coluna O Deda Questão no Jornal da Ipanema (FM 91,1Mhz) de hoje (14/09) comentei sobre a nota “Lembra-se, caro leitor, que na campanha eleitoral o candidato vencedor anunciou uma usina de lixo e o transporte por VLT em Sorocaba? Pois bem, o PPA não prevê nada disso até 2021, exercício do primeiro ano do próximo prefeito” publicada neste blog.

Meu argumento é único: a campanha eleitoral é ficção. E o eleitor deve se lembrar disso na próxima eleição e decidir se é esse tipo de político que deseja ver no comando e representação da sociedade.

Ouvindo o programa, Hudson Pessini, presidente Comissão de Economia, Finanças, Orçamento e Parcerias da Câmara de Sorocaba – responsável pelas audiências públicas de discussão que estabelece o Plano Plurianual do Município de Sorocaba para o quadriênio 2018-2021 – me mandou mensagem dizendo que eu estou “coberto de razão”. E explicou: “Estamos correndo contra o tempo para poder corrigir e fazer o que a população quer, pois ela votou acreditando nas propostas apresentadas na campanha… Chega de Estelionato eleitoral em nossa cidade.”