Presidente da Câmara afirma estar pronto para ser o prefeito

O presidente da Câmara de Sorocaba, vereador Fernando Dini, afirmou que “está pronto para se tornar prefeito” caso seja necessário.

Ele fez essa afirmação se referindo ao desfecho da Comissão Processante em curso no Legislativo, aprovada com base no relatório parcial da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Voluntariado, que o acusa de crime de responsabilidade, improbidade administrativa e infração político-administrativa. E também ao desfecho da Comissão Processante em curso contra a vice-prefeita, aprovada com base nos atos dela enquanto prefeita que levaram o Ministério Público nas áreas Cível e Criminal a pedir o bloqueio de seus bens e sua condenação por ter usado um funcionário público, para fins pessoais, no horário de trabalho dele.

A afirmação de Dini foi feita durante entrevista ao Jornal da Ipanema, da Rádio Ipanema (FM 91.1Mhz). Ele chorou em certo momento ao cumprimentar sua mãe durante a entrevista.

Durante a entrevista, Dini negou articulações para favorecer ou prejudicar o prefeito ou a vice.

Caso assuma a Prefeitura de Sorocaba, o presidente da Câmara disse que não pensa em trocar todo o secretariado por entender que há chefes de pastas “competentes” e deu como exemplo o trabalho de Simei Lamarca frente à Secretaria de Esportes.

“Não tenho interesse em fazer algum mal para assumir a prefeitura. Corra atrás do seu. Não pise na garganta de quem está no chão. Não utilize ferramentas esdrúxulas para cometer algo”, criticou e finalizou sua fala mandando um beijo para a mãe, dona Sônia. Ainda agradeceu a mãe por conduzi-lo “pelos passos cristãos”.

FOTO: Fernando Dini ao lado do deputado o deputado federal Jefferson Campos, na Anatel, em Brasília, na tarde de quarta-feira, onde ele esteve para solicitar a ampliação do alcance do sinal da Rádio Câmara de Sorocaba.

Comentários

Leia também