Presidente do PSC reage à entrevista e afirma que não reflete a opinião local do partido

O polêmico deputado federal Jair Bolsonaro é do PSC; o estudante Davi Vieira que organiza o ato pró-Bolsonaro é do PSC, mas mesmo assim o comportamento deles não reflete os ideais do PSC sorocabano, ao menos. Isso é o que afirma o presidente do PSC Sorocaba, o ex-vereador e ex-deputado estadual, Luiz Francisco. Ele estava em casa, ouviu as manifestações de Davi e resolveu ir até a rádio. Lá foi convidado por mim a também participar da entrevista. Ele se posicionou contrário à manifestação pró-Bolsonaro e criticou a manifestação do parlamentar durante a votação do impeachment, quando fez alusão dedicou o voto ao “coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra”, que atuou durante a ditadura militar. Uma das vítimas de Ustra foi o sorocabano Alexandre Vannucchi Leme, morto pelo regime militar. Luiz Francisco é autor do projeto que homenageia Alexandre e quer que o partido puna Bolsonaro por seu discurso a favor do torturador.