Projeto que vai criar taxa de iluminação tira o brilho do Mutirão da Saúde

MutiraoSaudeSecretário da Saúde, Rodrigo Moreno, e da Mobilidade, Kuka, acompanham chegada do local onde serão instalados consultórios para o mutirão da saúde

Os equipamentos para a montagem dos módulos que funcionarão como consultórios médicos, centro cirúrgico e setor de exames de imagem para acabar com a fila de mais de 50 mil consultas e 20 mil exames e procedimentos de sorocabanos que sofrem há pelo menos 5 anos na fila, esperando por esse atendimento, começou a ser montada nesta terça-feira (20/06), no Jardim São Guilherme. Batizado de “Saúde em Dia” pela prefeitura e “Mutirão da Saúde” pela imprensa e sociedade, o programa vai começar a funcionar na primeira quinzena de julho.

Minha pergunta é: de quem foi a ideia de colocar na pauta dos vereadores, e da cidade, portanto, o projeto da criação da taxa de iluminação? Será que não percebeu que essa taxa tira o brilho de uma ação boa, de anos de espera, como 50 mil consultas e 20 mil exames e procedimentos de sorocabanos que sofrem há pelo menos 5 anos na fila?

A verdade é que o impacto dessa ação de saúde, se acontecer de acordo com o anunciado pela prefeitura, será das mais significativas. Portanto, à oposição, qualquer fato que venha a chamar mais a atenção do que isso é fundamental. E, por falta de habilidade ou outro adjetivo qualquer, o governo municipal está ofertando isso de mão beijada. Se a ausência do prefeito já iria causar barulho, imagine um novo imposto.