Próximo depoente na a Comissão da Verdade sorocabana promete emocionar com a sua história

O psicanalista Daniel Lopes, empenhado na busca de bons resultados da Comissão da Verdade sorocabana,conta que um dos próximos depoentes tem tudo para emocionar os presentes por sua história.
Daniel relata que “dia destes, fui procurado pelo Professor Osmar, que também participa do movimento que reivindicou a Comissão da Verdade. Ele me relatou ter conversado com um senhor, que, por enquanto, preservo o nome, dizendo ter sido preso e torturado pela Ditadura; estando temeroso em falar publicamente sobre o que havia ocorrido em sua vida. Liguei pra ele e ouvi atentamente sua história. Então, fiz o convite para que ele falasse na Comissão. Depois de algum tempo, disse-me que iria conversar com a família, sobre falar ou não. Hoje, a Marisa, assessora do Presidente da Comissão, vereador Izídio de Brito (PT), disse-me que o senhor procurou o gabinete disposto a falar. Nesta conversa informal, emocionou-se e emocionou os dois, Marisa e Izidio, que ouviam atentamente. Espero que mais pessoas tenham esta iniciativa e falem sobre o que viveram. Não tenham medo! Vamos em busca da verdade! É o que basta! E que Deus continue nos dando discernimento para lidar com situações e histórias tensas e intensas. Ninguém mata a verdade!”