Sindicato faz críticas a terceirização (base da mudança no atendimento de saúde), alerta que prefeito quer deixar a Prefeitura com 2 mil funcionários e pergunta: servidores, vocês vão ficar bravos apenas no mundo virtual?

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sorocaba, Salatiel Hergezel, gravou um vídeo para se dirigir aos funcionários públicos onde afirma que viu com perplexidade a fala do prefeito Crespo durante a audiência sobre a mudança na lógica do atendimento de saúde em Sorocaba.

O sindicalista frisa: “o prefeito Crespo foi incisivo em dizer que seu objetivo frente à Prefeitura é reduzir o número de servidores públicos para 2 mil apenas em poucos anos, e que fará concurso público somente para funções típicas do Estado, que são da área jurídica, financeira e segurança pública. Os demais cargos serão ocupados por funcionários terceirizados”.

Hergezel faz outras críticas aos desejos do prefeito e desafia a categoria: “Diante de todo o exposto, a pergunta que não quer calar: E agora servidores? Vamos continuar nos manifestando somente nas redes sociais?” Ou seja, pergunta o presidente do sindicato: vocês vão ficar bravos somente nas redes sociais? É uma alusão as centenas de manifestações de servidores fazendo críticas a mudança e, cobrando, deixando implícito que a saída deverá ser a greve.

Leia a íntegra

Assistimos perplexos a audiência pública sobre a Saúde em Sorocaba – “dirigida” pela equipe do Governo Crespo, na quarta-feira (11), na Câmara Municipal de Sorocaba. O descaso com os servidores e a busca incessante por aniquilar a categoria ficou evidente na fala do prefeito.

Durante a audiência, somente os vereadores fizeram uso da palavra para perguntas. Os munícipes presentes só puderam fazer questionamentos por escrito, porém, a maioria não foi lido.

No decorrer da audiência o prefeito Crespo foi incisivo em dizer que seu objetivo frente à Prefeitura é reduzir o número de servidores públicos para 2 mil apenas em poucos anos, e que fará concurso público somente para funções típicas do Estado, que são da área jurídica, financeira e segurança pública. Os demais cargos serão ocupados por funcionários terceirizados. Ainda de acordo com o prefeito, tanto na área da Saúde, como na Educação será realizada a gestão compartilhada (terceirização).

Como é do conhecimento de todas e todos, existe hoje uma liminar que impede a terceirização dos serviços públicos na cidade de Sorocaba, porém, o senhor Prefeito informou durante a Audiência Pública, que na próxima sexta-feira (13/4), o secretário de Assuntos Jurídicos e Patrimoniais, Gustavo Barata irá até Brasília despachar com o Ministro Gilmar Mendes para derrubada da Liminar, sendo enfático ainda ao declarar que a decisão do Ministro será favorável à Prefeitura.

Crespo falou também que a “Funserv Previdência está quebrada, é uma questão perdida, e que poderia fechar as portas”. Com essa afirmação, o prefeito mente novamente e demonstra explicitamente seu desrespeito ao servidor público municipal.

Diante de todo o exposto acima, a pergunta que não quer calar: E agora servidores? Vamos continuar nos manifestando somente nas redes sociais?