Sorocaba sedia debate regional de cooperação de eficiência energética

Sorocaba sediou durante toda a quinta-feira (12 de julho), um dos módulos regionais do Projeto de Eficiência Energética em Sistemas de Abastecimento de Água, o Proeesa – uma cooperação entre os governos de Brasil e Alemanha, por meio da Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental, em parceria com a Agência Alemã de Cooperação Internacional – Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ). O objetivo da referida cooperação é aprimorar as condições para implantação de medidas de eficiências energética nos sistemas de abastecimento de água.

O encontro em Sorocaba reuniu representantes de autarquias ou empresas de saneamento de dez municípios. Foi o segundo de dez encontros da 2ª Rede de Aprendizagem em Planos de Gestão de Água e Energia. Cada um dos encontros ocorre em uma diferente cidade. O evento foi promovido no auditório do Centro Operacional do Saae-Sorocaba, na avenida Comendador Camilo Júlio, no Jardim Ibiti do Paço. A organização foi da Agência Reguladora Ares-PCJ em parceria com o Saae-Sorocaba.

As boas vindas e mensagem de abertura foram feitas pelo diretor-geral do Saae-Sorocaba, Ronald Pereira da Silva. “Combater as perdas de água e energia são alguns dos maiores desafios de qualquer órgão de saneamento do mundo. Em parceria com a Ares-PCJ, estamos hoje trocando informações com outros municípios, para que todos possam aprimorar”, declarou o diretor-geral do Saae-Sorocaba. Participaram representantes de órgãos de saneamento das cidades Americana, Brotas, Jundiaí, Porto Feliz, Nova Odessa, São Carlos, Itu, Santa Rita do Passa Quatro e Pirassununga.

O diretor Operacional de Água do Saae-Sorocaba, Marcelo Moretto, ressaltou que Sorocaba criou uma equipe que cuida exclusivamente de ações para corrigir perdas. “São três engenheiros, que acabam fazendo falta na área da manutenção, mas estamos investindo na redução de perdas agora, para termos menos manutenção amanhã”, informou sobre a importância de atuar com equipe própria para essa finalidade. Os engenheiros do Saae-Sorocaba que atuam na referida equipe, Geraldo Dias Batista, Hélio Rodrigues dos Santos e Francisco Emanoel apresentaram detalhes do trabalho realizado em Sorocaba pela equipe de combate às perdas.

O consultor do Proeesa, Sérgio Gatti, falou sobre simulações tarifárias e contratos de fornecimento de energia elétrica. A representante do Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ), Jéssica Gama, tratou sobre Avaliação de eficiência eletromecânica e Indicadores de gestão de faturas de energia elétrica. E o consultor do Proeesa, Julian Padilla, expôs sobre Introdução às medidas elétricas em campo.

Comentários

Leia também