Sorocaba terá evento para Harry Potter. Mas ele não é literatura

Há três anos, quando a escritora Ruth Rocha – todo mundo já leu uma das suas 120 obras infantis na infância, como adaptações como Romeu e Julieta ou originais como “Marcelo, Marmelo, Martelo” – falou que a saga Harry Potter, da britânica J.K. Rowling, “não é literatura” durante entrevista ao portal G1, me identifiquei muito com sua afirmação. Assim como ela, também entendo que livros como o de Harry Potter são artificiais e desconectados da verdade individual que, talvez, seja o grande elemento da literatura.

Mas há um problema no Brasil, em especial, identificado por vários autores e acadêmicos: a ausência de uma literatura média, ou seja, o Brasil tem autores de literatura de gabarito (que é distante do grande público) e de baixa qualidade, mas depois de Jorge Amado, entendo, não surgiu mais nada médio, ou seja, que tenha qualidade e seja acessível à compreensão do público.

E o que fazer para a literatura fazer parte da vida das pessoas é um desafio do qual, confesso, tenho me preocupado muito. Acredito que apenas a literatura será capaz de modificar as gerações futuras de brasileiros. Os políticos que estão em campanha, porém, desprezam esse tema, como da educação, e falam somente em imediatismos que, obviamente, são importantes e urgentes como trabalho e renda. Mas se não se pensar em literatura, sempre vai se falar de emprego e renda, pois nunca se sairá desse patamar.

Enfim, de olho no dia 31 de julho – quando é comemorado não somente o aniversário de Harry Potter, mas também o de sua criadora, J. K. Rowling – a Livraria Saraiva do Iguatemi Esplanada promove no dia 29 de julho (domingo) um evento onde “convidam os fãs do bruxo para uma tarde mágica e bem divertida com um bate-papo sobre a saga, um quiz com o público, além do sorteio de vários brindes disponibilizados pela Editora Rocco”, diz o relise. O evento tem entrada gratuita e acontece a partir das 15h na Livraria Saraiva, que fica na Ala Sul do Iguatemi Esplanada e é uma realização do Blog @Lumoteca e o Bookaholic – Sah (@sassenach_literaria), em parceria com a Saraiva.

Terá, com isso, mais marketing e ao promover Harry Potter certamente mais vendas. Mas deixo uma pergunta no ar, inclusive para mim mesmo, que ainda não tenho uma resposta: Harry Potter seria um caminho para que seus leitores alcancem a literatura?

Comentários

Leia também