Sorocaba vai sediar a Expo-Estudantil, em outubro

Durante a cerimônia onde o Prefeito de Itu, Guilherme Gazzola, e o prefeito de Piedade, José Tadeu Resende, foram reeleitos respectivamente presidente e vice-presidente do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Sorocaba (que reúne 27 municípios), o secretário de Relações Institucionais e Metropolitanas da Prefeitura de Sorocaba, Flávio Chaves, que representou Crespo no encontro ocorrido em Itu, aproveitou a oportunidade para lançar aos representantes dos municípios dois grandes eventos que serão sediados por Sorocaba: a Expo-Ciee Sorocaba, uma das maiores feiras estudantis do Estado e o Projeto Ambientação da Toyota, com foco na preservação do água, energia e resíduos.

O primeiro evento, a Expo Ciee Sorocaba, faz parte do projeto do Ciee (Centro de Integração Empresa-Escola) de promover as maiores feiras estudantis da América Latina, focada na educação e direcionamento profissional do público jovem, que acontecerá nos dias 19 e 20 de outubro em Sorocaba.

O segundo evento é o Projeto de Ambientação da Toyota, que tem foco na redução de consumo de recursos naturais e gestão de resíduos, desenvolvendo projetos que promovam a educação em questões ambientais como o consumo consciente de recursos naturais (água e energia elétrica).

Organismo máximo da RMS

O Conselho de Desenvolvimento, organismo máximo da Região Metropolitana, é o fórum de integração e de deliberação sobre as prioridades em termos de investimentos públicos, visando ao desenvolvimento da região. Daí seu caráter normativo e deliberativo. O Conselho é composto pelos Prefeitos dos 27 municípios integrantes da RMS, representantes das Secretarias de Estado nas funções de interesse comum, bem como representantes da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

O presidente do Conselho, Guilherme Gazzola, explica que as soluções em conjunto com os 27 cidades da RMS, favorecem o desenvolvimento regional: “A função do Conselho é fomentar essas atividades e somos muito otimistas em relação ao entrosamento de todas as cidades”. O vice-presidente, José Tadeu, destacou que todos estão com muita vontade de trabalhar: “É tudo muito recente, mas estamos seguros e com o pé no chão de que será feito um ótimo trabalho e que irá repercutir em toda região metropolitana”.

A Região Metropolitana de Sorocaba foi criada pela Lei Complementar nº 1.241, sancionada em 8 de maio de 2014 e congrega os municípios de Alambari, Alumínio, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Boituva, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Ibiúna, Iperó, Itu, Itapetiniga, Jumirim, Mairinque, Piedade, Pilar do Sul, Porto Feliz, Salto, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, São Roque, Sarapuí, Sorocaba, Tapiraí, Tatuí, Tietê e Votorantim. São mais de 2 milhões de habitantes, representando 4,6% da população do Estado de São Paulo, gerando cerca de 4,25% do PIB (Produto Interno Bruto) paulista.

Comentários

Leia também