Sorocabano se reúne com coordenadores econômicos de Bolsonaro

O empresário Flávio Amary, presidente do Secovi (Sindicato da Habitação), se encontrou na tarde de quinta-feira passada, no Rio de Janeiro, com Paulo Guedes e Marcos Cintra, coordenadores econômicos do Plano de Governo do candidato Bolsonaro. Amary esteve acompanhado de Lair Krähenbühl, também do Secovi, para tratar da pauta habitacional do provável futuro governo de Bolsonaro (que a 9 dias da eleição tem vantagem de 18 pontos sobre Haddad), além de temas relevantes para o futuro do Brasil.

Em recente artigo, Flávio Amary defendeu o que chamou de “maturidade política para um pacto pelo Brasil”, onde ele defendeu que a “união para enfrentarmos os problemas é cada vez mais necessária”. Ele explica que os problemas do Brasil se classificam em “pontos básicos e mínimos, para uma recuperação econômica, todos sabem e vão enfrentar antes mesmo da posse, em 2019. As reformas da previdência e do Estado, fundamentais para um ajuste fiscal capaz de trazer de volta o nosso potencial, deverão fazer parte das primeiras ações do próximo presidente”. Ele, ainda, afirma: “Seria muito bem visto que um dos candidatos estendesse as mãos sinalizando o apoio, em caso de derrota, desta agenda mínima necessária e, ao mesmo tempo, pedisse o apoio em caso de vitória”.

Câmera de segurança

No mesmo dia em que Flávio Amary e Lair Krähenbühl, do Secovi, se encontraram com o “Posto Ipiranga” de Bolsonaro, como o próprio candidato já afirmou sobre Paulo Guedes, a equipe de Bolsonaro divulgava a intenção do futuro governo de mudar o programa habitacional “Minha Casa, Minha Vida”, criado no governo do PT, para “Casa Brasileira” onde além da moradia essas habitações viessem a ter outros equipamentos para dar mais qualidade ao morador. E, frisa, entre esses equipamentos “câmeras de segurança ligadas diretamente à polícia”. Com o objetivo de garantir a segurança dos moradores das unidades, os locais estariam sendo vigiados 24 horas por dia, todos os dias do ano.

Comentários

Leia também