Trailers-banheiros utilizados nas feiras livres estão abandonados

A Prefeitura de Sorocaba resolveu não prorrogar o contrato de locação de banheiros químicos que eram colocados nas feiras livres da cidade. O contrato venceu no sábado passado (17 de agosto) e partir de agora frequentadores das feiras e os feirantes terão que contar com a solidariedade dos moradores das regiões onde são realizadas as feiras para utilizar o banheiro.

Em 2012 a Prefeitura comprou seis trailers ao custo R$ 45 mil cada um para serem usados como banheiros móveis especialmente nas feiras livres da cidade. Os equipamentos contam com sanitários masculinos, femininos e para deficientes, com lavatórios externos e ligações de água e esgoto.

Quando optou-se pela locação de banheiros químicos, a informação era que os trailers iam ser usados em outros eventos da Prefeitura de Sorocaba. Mas até agora isso não foi colocado em prática.

A última informação é que os trailers estão abandonados no Mercado Distrital, na Vila Fiori. A cidade conta com 44 feiras-livres que são realizadas em vários bairros, atendendo praticamente todas as regiões de Sorocaba.

Empresa investigada

O contrato com a empresa Selt (Serviços de Estruturas e Locações Temporárias) no valor de R$ 568.380,78 válido por 12 meses terminou no sábado, dia 17 de agosto. A prefeita Jaqueline Coutinho justifica a não renovação que precisava de uma análise mais detalhada do contrato, pois ela havia assumido o cargo a poucos dias do fim do acordo.

A empresa Selt é uma das envolvidas na Operação Casa de Papel, que investiga um suposto esquema de propina, lavagem de dinheiro e fraudes em licitações na prefeitura. Mas caso uma nova licitação seja aberta, a empresa Selt não está impedida de participar da concorrência, porque ela não foi declarada inidônea (quando é comprovada algum tipo de irregularidade nas licitações que a empresa participou).

Comentários

Leia também